Rumo ao Mundial 2018

Autoridades russas frustram conspiração para boicotar Mundial 2018

Sergei Pivovarov

As autoridades russas revelaram esta terça-feira que as forças de segurança frustraram uma conspiração de adeptos da extrema direita para boicotar os eventos do Campeonato do Mundo de futebol, que decorre de 14 de junho a 15 de julho.

O procurador geral da Rússia, Yuri Chaikas, apresentou um relatório à câmara alta do parlamento no qual refere que os suspeitos - descritos apenas como "extremistas" -, os elementos do grupo radical de adeptos de futebol T.O.Y.S., tinham programado intervir maleficamente nos eventos da competição na cidade de Samara, no rio Volga.

O relatório, divulgado pela agência noticiosa russa Tass, não especifica as ações previstas.

O grupo nacionalista radical foi proibido em 2017 por um tribunal russo sob a acusação de fomentar sentimentos extremistas: conhecido pelas suas duras e rígidas visões nacionalistas e por conflitos com outros grupos de adeptos, os T.O.Y.S. são uma fação de adeptos do clube da segunda divisão russa Krylya Sovetov Samara.

Os media locais informaram que em 2017 um líder do T.O.Y.S., Evgeny Gavrilov, recebeu uma sentença de prisão, suspensa, e foi proibido de assistir a jogos de futebol, após ser acusado de propagandear ideologia de extrema direita.

Outros membros do grupo também têm sido acusados de atacar emigrantes.Samara é uma das 11 cidades-sede do torneio de 14 de junho a 15 de julho e receberá seis jogos, incluindo os quartos de final.

Lusa

  • Ministério Público anulou interrogatório a Manuel Pinho
    3:13

    País

    O antigo ministro Manuel Pinho esteve esta manhã no DCIAP para ser interrogado a propósito das relações que manteve com o Grupo Espírito Santo e a EDP nos anos em que esteve no governo. No entanto a diligência ficou sem efeito a pedido do Ministério Público.

  • Três feridos dos incêndios de outubro ainda continuam internados
    1:07

    País

    Continuam internadas três vítimas dos incêndios de outubro do ano passado, entre elas uma menor, de 12 anos, no Hospital Pediátrico de Coimbra. Os outros dois feridos estão no Centro de Reabilitação da Tocha. Nove meses depois, as vítimas dos fogos continuam a ser acompanhadas em consultas de cirurgia plástica, fisioterapia e reabilitação e a nível psicológico em centros de saúde e por equipas de saúde mental comunitária.

  • CP acaba com primeiro rápido da manhã entre Lisboa e Porto

    Economia

    A CP já apresentou as alterações aos horários dos comboios Alfa Pendular e Intercidades a partir do próximo dia 5 de agosto de 2018 (domingo). A nova escala elimina o primeiro Alfa Pendular da manhã por uma nova ligação Intercidades que só sai de Lisboa aproximadamente uma hora depois. Uma medida justificada pela falta de procura mas que surge dias depois de serem denunciados problemas no funcionamento dos Comboios de Portugal.

  • Marcelo confiante na "presidência inspiradora" de Cabo Verde na CPLP
    0:40

    País

    O Presidente da República português mostra-se muito confiante nesta nova fase que se abre à CPLP, com a nova presidência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) que passa do Brasil para Cabo Verde. À SIC, Marcelo Rebelo de Sousa admitiu que, em Brasília, havia muitas questões pendentes mas agora há "um clima muito positivo entre os membros da CPLP, com maior peso na comunidade mundial".