sicnot

Perfil

OE 2015

OE 2015

Orçamento do Estado 2015

Receita fiscal do Estado aumenta 5% até novembro para 35.253 M€

A receita fiscal do Estado aumentou 5% até novembro, atingindo os 35.253 milhões de euros, ou seja, mais 1.691 milhões de euros do que no mesmo período de 2014, segundo os números hoje divulgados.

(Reuters)

(Reuters)

REUTERS

De acordo com a síntese de execução orçamental hoje divulgada pela Direção-geral do Orçamento (DGO), este aumento da receita fiscal deveu-se sobretudo aos impostos indiretos, que aumentaram 6% para os 19.286 milhões de euros até novembro.

Dentro desta rubrica, o ISV - Imposto sobre veículos foi o que registou um maior crescimento, tendo aumentado 23% para os 525 milhões de euros.

Já o IVA -- Imposto sobre o Valor Acrescentado, o que tem mais expressão nos impostos indiretos, aumentou 7,4% para os 13.869 milhões de euros, sem que tenha havido alterações nas taxas de 2014 para 2015.

Lusa

  • Bombeiros ficaram de prevenção após intoxicação em Corroios
    1:16

    País

    17 alunos da escola EB 2+3 em Corroios, no Seixal, foram hospitalizados esta segunda-feira com sintomas de intoxicação alimentar. Os alunos, entre os 7 e os 14 anos, foram transportados 12 para o hospital Garcia de Orta, em Almada e cinco para o hospital do Barreiro. O transporte foi feito pelos bombeiros voluntários da Amora e do Seixal mantiveram uma equipa de socorro no local apenas por prevenção.

  • "Nada mais há a dizer" sobre a Caixa
    0:13

    Caso CGD

    O primeiro-ministro voltou esta segunda-feira a dizer que já não há nada para discutir, na polémica sobre a entrega de declarações de património dos gestores da CGD. Foram as declarações de António Costa, na Cidade da Praia, à margem da quarta cimeira bilateral entre Portugal e Cabo Verde.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46