sicnot

Perfil

Operação Fénix

Arguido na Operação Fénix diz que gás era da mulher e tacos de basebol dos filhos

HUGO DELGADO

Um arguido na "Operação Fénix" disse esta quinta-feira em tribunal que o aerossol de gás pimenta que lhe foi apreendido na investigação tinha sido oferecido à mulher por um tio. Disse ainda que os dois tacos de basebol também apreendidos tinham sido oferecidos por ele aos filhos, que na altura tinham oito e um anos.

"Achei estranho porque levaram os tacos mas não levaram a bola", referiu. Garantiu que os tacos eram "pequeninos, para crianças".

Quanto ao bastão extensível igualmente aprendido, o arguido alegou que tinha sido encontrado numa casa de alterne e que acabou por ficar com ele.

A investigação apreendeu ainda 510 euros, mas o arguido disse que "normalmente" andava com aquela quantia, até porque "emprestava" dinheiro a vigilantes que estivessem em dificuldades financeiras.

A "Operação Fénix", processo que está a ser julgado em Guimarães, relaciona-se com a utilização ilegal de seguranças privados.

Os arguidos respondem por crimes de associação criminosa, exercício ilícito da atividade de segurança privada, extorsão, coação, ofensa à integridade física qualificada, ofensas à integridade física agravadas pelo resultado morte, tráfico, posse de arma proibida e favorecimento pessoal.

A lista de arguidos integra a empresa SPDE - Segurança Privada e Vigilância em Eventos, acusada de um crime de associação criminosa e outro de exercício ilícito de atividade de segurança privada.

Para a acusação, ficou indiciado que este grupo se dedicava às chamadas "cobranças difíceis", exigindo, através da violência física e/ou de ameaças, o pagamento de alegadas dívidas.

O arguido ouvido esta quinta-feira em tribunal funcionaria como uma espécie de "intermediário" da SPDE, colocando vigilantes daquela empresa de Matosinhos em estabelecimentos de diversão noturna na zona da Grande Lisboa.

Além de posse de arma ilegal, o arguido está ainda acusado de associação criminosa, extorsão, exercício ilícito de atividade de segurança privada e coação.

Crimes que o arguido tentou desmontar, nomeadamente quando disse que, num dos episódios da acusação em que é acusado de ameaçar um alegado devedor, apenas lhe deu "um puxão de orelhas".

Noutra ocasião, foi apanhado nas escutas telefónicas a defender que o havia a fazer era "cortar a cabeça" a uma determinada pessoa, mas o arguido alegou que eram apenas "desabafos".

A "Operação Fénix" tem 54 arguidos, entre os quais o presidente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa, e o ex-administrador da SAD portista, Antero Henrique.

O principal arguido é Eduardo Silva, sócio-gerente da SPDE, que está acusado de 22 crimes, entre associação criminosa, exercício ilícito de atividade de segurança privada, favorecimento pessoal e detenção de arma proibida.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.