sicnot

Perfil

Operação O-

Operação O-

Operação O Negativo

Interrogatório a Lalanda e Castro já terminou

O interrogatório a Paulo Lalanda e Castro já terminou. A juíza de instrução deve comunicar a qualquer momento as medidas de coação aplicadas ao arguido do caso "O Negativo".

O ex-administrador da Octapharma esteve a ser ouvido desde quarta-feira, no Campus de Justiça.

Lalanda e Castro é suspeito de ter corrompido Luís Cunha Ribeiro, o ex-presidente do INEM, para beneficiar a farmacêutica suíça nos concursos nacionais de aquisição de plasma inativo e derivados do sangue.

  • Lalanda e Castro interrogado
    1:31

    Operação O Negativo

    Paulo Lalanda e Castro foi esta manhã presente ao juiz de instrução criminal, no Campus de Justiça, em Lisboa. O ex-administrador da Octapharma, arguido no caso dos negócios do plasma inativado, já tinha sido constituído arguido mas ficou, na altura, com termo de identidade e residência. O interrogatório vai continuar durante a tarde.

  • Lalanda e Castro constituído arguido depois de ouvido pela PJ
    2:28

    Operação O Negativo

    Paulo Lalanda e Castro foi constituído arguido depois de ter sido ouvido pela Policia Judiciária. O antigo administrador da Octapharma é hoje presente a um juiz que poderá aplicar uma medida de coação mais grave que o Termo de Identidade e Residência. Lalanda e Castro é suspeito de corrupção no caso da operação "O Negativo". A repórter Sara Antunes de Oliveira está no Campus de Justiça, a acompanhar o primeiro interrogatório judicial do ex-administrador da Octapharma.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC

  • Aberta nova frente de guerra no Iraque
    1:20

    Mundo

    Uma nova frente de guerra no Iraque está aberta. O exército de Bagdade combate as forças curdas e luta pelo controlo da província petrolífera de Kirkuk. Na origem da ofensiva está o referendo não reconhecido à independência do Curdistão.