sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Governo quer fazer maior contenção de despesa dos últimos anos

O ministro das Finanças disse hoje que o Orçamento do Estado para 2016 representa o maior esforço de contenção de despesa pública dos últimos anos, mesmo com as subidas salariais e de algumas prestações sociais inscritas no documento.

ANDRE KOSTERS/ EPA (Arquivo)

Mário Centeno abriu hoje a conferência sobre o sistema financeiro na Faculdade de Direito de Lisboa, tendo dedicado parte significa da intervenção ao Orçamento do Estado deste ano, cujo esboço foi apresentado na semana passada e que prevê um défice orçamental de 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB), menos 0,4 pontos percentuais do que o que deverá ter sido registado em 2015 (3% mas excluindo resolução do Banif) e um défice estrutural de 1,1%, menos 0,2 pontos percentuais.

Para o governante, a estratégia orçamental do executivo procura "conjugar uma gestão orçamental responsável com diminuição da carga fiscal e recuperação do rendimento das famílias" e, ao mesmo tempo, "conseguir espaço para materialização de crescimento económico", devendo uma importante parte vir da procura externa, isto apesar das assimetrias de crescimento dos mercados exteriores.

Centeno destacou ainda a melhoria que o Governo quer fazer do défice das administrações públicas, afirmando que o valor do défice tem "subjacente uma redução mais acentuada da despesa em rácio do PIB (com queda de 1,3 pontos percentuais) mas também das receitas (0,9 pontos percentuais)".

Isto representa "um significativo esforço de contenção da despesa pública, o maior dos últimos anos, mas sem impacto nas remunerações dos trabalhadores", sublinhou o ministro das Finanças.

Além da reposição gradual de salários, o ministro destacou que este ano o Governo vai atualizar as prestações sociais, caso do Rendimento Social de Inserção, Complemento Social para Idosos e abonos de família, mas com os aumentos sempre sujeitos a condições de recursos.

A proposta do Orçamento do Estado para 2016 deverá ser entregue na Assembleia da República a 05 de fevereiro, completando a informação até agora conhecida.

Lusa

  • Sismo registado esta manhã na região de Lisboa

    País

    Um sismo foi sentido esta manhã na região da Grande Lisboa. O abalo foi registado às 7h44, com epicentro em Sobral de Monte Agraço e magnitude de 4.3, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

    Em atualização

  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.