sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Bruxelas exige mais medidas no OE para cumprir regras europeias

A Comissão Europeia diz que são precisas mais medidas na proposta de Orçamento do Estado português para cumprir as regras europeias. E alerta que o prazo para a negociação termina na próxima sexta-feira.

© Toby Melville / Reuters

"Ainda são necessárias algumas medidas adicionais para assegurar que Portugal não está em risco grave de incumprimento" das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, designadamente "medidas orçamentais adicionais para aproximar o esboço de plano orçamental (apresentado pelo Governo) da recomendação do Conselho", com vista a um ajustamento do défice estrutural de 0,6% do PIB, afirmou hoje, em Estrasburgo, França, o vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo Euro.

Valdis Dombrovskis, que falava numa conferência de imprensa para dar conta das conclusões da reunião semanal do colégio da Comissão Europeia, realizada à margem da sessão plenária do Parlamento Europeu, e na qual foi discutido o plano orçamental de Portugal, acrescentou que as discussões entre Bruxelas e Lisboa vão prosseguir nos próximos dias, mas no limite até sexta-feira, data em que a Comissão Europeia decidirá se o plano português apresenta ou não um risco grande de incumprimento.

"A data limite (para a conclusão das discussões) é esta sexta-feira, altura em que a Comissão identificará se há um risco particularmente grave de incumprimento do Pacto de Estabilidade e Crescimento. Se não for o caso -- o que esperamos, e trabalhamos com as autoridades portuguesas para que esse não seja o caso -, então a Comissão ainda tem um par de semanas para emitir a sua opinião sobre o esboço de plano orçamental", explicou o vice-presidente do executivo comunitário.

Relativamente às "discussões intensas" entre os executivos de Bruxelas e de Lisboa, iniciadas a 28 de janeiro, Dombrovskis escusou-se a "entrar em detalhes", dado as mesmas prosseguirem, limitando-se a apontar que, apesar de o Governo já ter avançado "com algumas propostas que aproximam Portugal do cumprimento do Pacto de Estabilidade e Crescimento", não foram ainda feitos "progressos suficientes", razão pela qual será necessário continuar a "trabalhar intensivamente nos próximos dias".

"Basicamente, estamos a falar de medidas orçamentais adicionais para aproximar o plano orçamental da recomendação do Conselho para garantir uma redução do défice estrutural de 0,6 do PIB este ano", afirmou.

Por fim, Dombrovskis garantiu que as exigências da Comissão relativamente a Portugal não têm qualquer motivação política, e visam somente cumprir as regras com que os Estados-membros se comprometeram.

"Posso assegurar, de forma clara, que a Comissão está a atuar de uma forma objetiva e imparcial, e a aplicar as regras tal como previstas no Pacto de Estabilidade e Crescimento", declarou.

Com Lusa

Última atualização às 16:03

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.