sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Governo prevê que PIB cresça 1,8%, menos do que previsto no esboço orçamental

O Governo prevê que a economia cresça 1,8% este ano, abaixo dos 2,1% estimados no esboço de plano orçamental para 2016 apresentado há duas semanas, segundo a proposta de Orçamento do Estado para 2016 entregue hoje no parlamento.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Dado Ruvic / Reuters

De acordo com o relatório que acompanha a proposta Orçamento do Estado para 2015 (OE2016), entregue hoje à Assembleia da República, a estimativa do Governo para o crescimento económico deste ano é revisto para 1,8%.

No esboço de plano orçamental, apresentado a 22 de janeiro, o executivo socialista previa uma subida do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,1%, bastante mais otimista do que as principais instituições económicas internacionais.

Na quinta-feira, a Comissão Europeia divulgou as suas previsões económicas de inverno, estimando um crescimento da economia portuguesa de 1,6%, e o Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentou uma previsão de subida do PIB (no seu comunicado após a terceira avaliação pós-programa) de 1,4% este ano.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão