sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

IMI dos prédios comerciais aumenta 2,25% em 2017

Os prédios urbanos comerciais e de serviços vão sofrer um aumento de 2,25% no valor de IMI em 2017, de acordo com a proposta de Orçamento do Estado para 2016, hoje entregue pelo Governo na Assembleia da República.

Em relação aos prédios urbanos comerciais, industriais ou para serviços, o Governo pretende fazer uma correção monetária extraordinária do valor patrimonial tributário, em que serão "atualizados extraordinariamente, a 31 de dezembro de 2016, com base no fator 1,0225" sobre o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), o que corresponde a um aumento de 2,25%.

Já os prédios urbanos de habitação própria e permanente vão estar inseridos num regime de salvaguarda do IMI, condicionando os aumentos ao cobrado valor deste imposto.

"A coleta do IMI respeitante a cada ano não pode exceder a coleta do IMI devida no ano imediatamente anterior adicionada, em cada um desses anos, do maior dos seguintes valores: 75 euros ou um terço da diferença entre o IMI resultante do valor patrimonial tributário fixado na avaliação atual e o que resultaria da avaliação anterior, independentemente de eventuais isenções aplicáveis", lê-se na proposta do OE para 2016.

Estas salvaguardas não são aplicáveis aos "prédios em que se verifique uma alteração do sujeito passivo do IMI no ano a que respeita o imposto, salvo nas transmissões gratuitas de que forem beneficiários o cônjuge, descendentes e ascendentes".

Lusa

  • "O Serviço Nacional de Saúde está falido pelo menos desde o ano 2000"
    0:34

    País

    Não será de estranhar se casos como o da legionella do S. Francisco Xavier venham a repetir-se. Quem o diz é o antigo administrador do Hospital de S. João, que chegou a ser, ainda que por pouco tempo, coordenador nacional para a reforma do SNS do Governo de Costa. António Ferreira falava ontem à noite, num encontro organizado pelo CDS.

  • "Estamos vivos"
    11:41