sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2016

Ministro das Finanças diz que "austeridade de esquerda" é a tradução de maior equidade e justiça

Ministro das Finanças diz que "austeridade de esquerda" é a tradução de maior equidade e justiça

O ministro das Finanças diz que se há "austeridade de esquerda" é para resultar em maior justiça fiscal. Em entrevista exclusiva à SIC, Mário Centeno defende que apesar do agravamento nos impostos indiretos a matriz do programa do Governo mantém-se. Reconhece ainda que o alívio fiscal para as famílias é contido mas o possível face às restrições orçamentais.

  • Recuo na descida da TSU ajudou a convencer Bruxelas
    1:35

    Orçamento do Estado 2016

    O Governo recuou e já não vai descer a Taxa Social Única para os trabalhadores que recebem menos de 600 euros. Terá sido esta última cedência que permitiu convencer Bruxelas a aprovar a proposta de orçamento. No total, o ministro das Finanças prometeu à Comissão Europeia cerca de 1200 milhões de euros em medidas adicionais.

  • Governo considera fim do quociente familiar mais vantajoso para todos
    2:29

    Orçamento do Estado 2016

    Uma das medidas deste orçamento é o fim do quociente familiar, que será substituido por uma dedução fixa por filho. A mudança significa um aumento do esforço fiscal para as famílias de classe média, de acordo com as simulações consultadas pela SIC. O Governo responde que o impacto das duas medidas é igual. Apenas há, segundo diz, uma distribuição mais justa do valor.

  • Bruxelas avisa que mais medidas não estão excluídas
    3:34

    Orçamento do Estado 2016

    O Orçamento do Estado foi esta sexta-feira entregue no Parlamento após a luz verde de Bruxelas. A Comissão Europeia avisa que ainda há riscos de incumprimento do Pacto de Estabilidade e Crescimento. O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovkis, estima que o défice nominal ronde os 3% do PIB em 2016 e mais medidas não estão, por isso, excluídas.

  • Costa critica os que esperavam o chumbo de Bruxelas
    3:02

    Orçamento do Estado 2016

    António Costa estava em Berlim quando soube da luz verde de Bruxelas ao Orçamento do Estado. O primeiro-ministro, que tinha marcado para hoje um almoço de trabalho com Angela Merkel, disse que este é um grande dia, criticou os que disseram esperar um chumbo de Bruxelas e prometeu uma fiscalização rigorosa à execução do orçamento.

  • As medidas adicionais do Orçamento do Estado
    1:53

    Orçamento do Estado 2016

    No documento final com as contas do Estado, o Governo prevê várias mexidas nos impostos ao consumo. O tabaco e o selo do carro vão ficar mais caros, mas, na restauranção, o IVA cai para 13%. Nos combustíveis, aumenta o imposto sobre a gasolina e o gasóleo, mas o Governo admite rever a medida, caso o preço do petróleo volte a subir.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.