sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2016

PSD e CDS dizem que Orçamento pode ter que ser revisto em abril

PSD e CDS dizem que Orçamento pode ter que ser revisto em abril

O Orçamento do Estado começou esta tarde a ser debatido no Parlamento. O Primeiro-ministro diz que é o primeiro em muitos anos que cumpre a constituição, não corta salários e pensões e que não aumenta o IVA ou o IRS. António Costa desafia a oposição a apresentar propostas, mas PSD e CDS insistem que este é um orçamento bipolar e intercalar que pode terminar com um retificativo já em abril.

  • PCP também dá luz verde ao Orçamento
    1:03

    Orçamento do Estado 2016

    O PCP anunciou este domingo que vai aprovar o Orçamento do Estado na votação na generalidade. No final da reunião do Comité Central do partido, Jerónimo de Sousa considerou que apesar das limitações, o documento revela sinais de querer inverter a política de austeridade dos últimos anos.

  • Ministério da Saúde quer reduzir tempo de espera nos hospitais
    1:30

    País

    O Ministério da Saúde quer reduzir em 25% o tempo de espera em cirurgias, consultas e urgências. A solução passa por penalizar os financiamentos dos que não cumprirem e beneficiar os cumpridores que recebem um prémio que pode ir até 5% do orçamento anual.O ministro da Saúde, Adalberto Fernandes, quer que o resultado de 2017 seja positivo, depois de ter revelado em janeiro que encontrou um saldo negativo na saúde de 260 milhões de euros.

  • O que muda no Orçamento do Estado
    2:18

    Economia

    O Orçamento do Estado foi apresentado pelo Governo como um virar de página nas políticas de austeridade, prometendo uma descida de impostos e a devolução do rendimento às famílias. Entre as várias medidas, do lado do setor público, está a reposição dos salários, que acontecerá trimestralmente, o subsídio de natal em duodécimos, transportes grátis para quem trabalha neste setor, a redução da sobretaxa do IRS ou a descida do IVA na restauração para 13%.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.