sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Conselho das Finanças Públicas alerta para "riscos importantes" do OE2016

É mais um alerta sobre o Orçamento do Estado. O Conselho de Finanças Públicas (CFP) considera que a redução do défice este ano assenta na melhoria económica, com "riscos significativos" e "importantes" de tal não se concretizar. Os técnicos dizem que a consolidação estrutural é insuficiente para alcançar os objetivos.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

A entidade liderada por Teodora Cardoso considera que as previsões para o crescimento da economia, do consumo privado e descida do desemprego são optimistas e que existe a possibilidade de não se confirmarem tal como espera o Governo.

O Conselho de Finanças Públicas diz também que não fica claro, no documento, como é que vai ser compensado o aumento de despesa com salários e pensões.

A instituição alerta ainda para o facto de o Governo não ter pensado na possível reação dos agentes económicos ao aumento dos impostos indiretos: aumentar a tributação no Imposto sobre o Tabaco ou no Imposto sobre Veículos vai levar a uma quebra na procura.

Última atualização às 14:30

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.