sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Necessidades de financiamento do Estado para 2016 sobem para 23.700M€

As necessidades de financiamento do Estado para 2016 foram revistas em alta, em 700 milhões de euros, para 23.700 milhões de euros, devido sobretudo à capitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), informou a UTAO esta quarta-feira.

Na nota mensal sobre a dívida a que a agência Lusa teve acesso, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) lembra que, em julho, as necessidades de financiamento eram de 23.000 milhões de euros e que, em setembro, passaram para os 23.700 milhões de euros, segundo a apresentação aos investidores da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (ICGP).

Esta revisão em alta de 700 milhões de euros "é resultado da revisão em alta da despesa líquida com ativos financeiros de 100 milhões de euros para 2.800 milhões de euros devido, sobretudo, ao novo programa de capitalização da CGD".

Ainda assim, afirma a UTAO, este acréscimo "é atenuado" pela redução do reembolso previsto do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI), de 8.800 milhões de euros para 6.000 milhões de euros.

Já no que diz respeito a 2017, as necessidades de financiamento do Estado foram revistas em baixa, em consequência da amortização prevista de títulos de médio e longo prazo se ter reduzido de 7.900 milhões de euros para 7.400 milhões de euros, de acordo com a UTAO.

Para esse ano, está previsto também, segundo os cálculos da UTAO e os números do IGCP, um reembolso ao FMI de 1.500 milhões de euros.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.