sicnot

Perfil

OE 2016

OE 2016

Orçamento do Estado 2016

Necessidades de financiamento do Estado para 2016 sobem para 23.700M€

As necessidades de financiamento do Estado para 2016 foram revistas em alta, em 700 milhões de euros, para 23.700 milhões de euros, devido sobretudo à capitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), informou a UTAO esta quarta-feira.

Na nota mensal sobre a dívida a que a agência Lusa teve acesso, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) lembra que, em julho, as necessidades de financiamento eram de 23.000 milhões de euros e que, em setembro, passaram para os 23.700 milhões de euros, segundo a apresentação aos investidores da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (ICGP).

Esta revisão em alta de 700 milhões de euros "é resultado da revisão em alta da despesa líquida com ativos financeiros de 100 milhões de euros para 2.800 milhões de euros devido, sobretudo, ao novo programa de capitalização da CGD".

Ainda assim, afirma a UTAO, este acréscimo "é atenuado" pela redução do reembolso previsto do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI), de 8.800 milhões de euros para 6.000 milhões de euros.

Já no que diz respeito a 2017, as necessidades de financiamento do Estado foram revistas em baixa, em consequência da amortização prevista de títulos de médio e longo prazo se ter reduzido de 7.900 milhões de euros para 7.400 milhões de euros, de acordo com a UTAO.

Para esse ano, está previsto também, segundo os cálculos da UTAO e os números do IGCP, um reembolso ao FMI de 1.500 milhões de euros.

Lusa

  • Marcelo regressa à televisão ao domingo
    0:36

    Programas

    Um ano depois de ser eleito, entre o sucesso popular e o compromisso político, eis a primeira entrevista do Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa regressa à televisão ao domingo, para uma entrevista exclusiva no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Passos Coelho apela à reforma do IRC
    0:38

    Economia

    Passos Coelho critica o que diz ser um aumento do salário minimo nacional feito de forma irresponsável e sugere ao Governo que retome a reforma do IRC. No discurso de encerramento do congresso do PSD-Açores, o líder social democrata reafirmou que o Governo não pode contar com o PSD quando há divergências na "geringonça".

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37