sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Portas diz que imposto sobre património ameaça competitividade portuguesa

© Reuters

Paulo Portas considerou esta terça-feira Portugal "altamente competitivo" para estrangeiros que procuram, nomeadamente, uma segunda residência, afirmando que um novo imposto sobre património "ameaçaria isso", afugentando esses investidores.

"Portugal construiu um caso altamente competitivo como um país bom para ter segunda residência ou para viver uma parte da vida, tanto para não europeus, com vistos para investimento, como para europeus", afirmou Paulo Portas na Cimeira do Turismo Português, que decorre em Lisboa, considerando que se ainda fosse governante "manteria absolutamente esse tesouro", uma vez que esse posicionamento do país consegue "captar investimento, renovar a cidade, ter gente com dinheiro a viver e a gastar dinheiro em Portugal".

"Eu não ameaçaria isso com nenhum imposto, nem impostos de património nem impostos de sucessão", afirmou o vice-primeiro-ministro do governo de coligação PSD/CDS-PP, liderado por Passos Coelho.

Para Paulo Portas, num mundo tão globalizado, Portugal não pode arriscar perder o estatuto de competitividade que ganhou nos últimos anos, uma vez que facilmente "as pessoas hoje carregam numa tecla e vão para outro lugar".

A criação de um novo imposto sobre a propriedade imobiliária de elevado valor, que pode constar no Orçamento do Estado para 2017, tem provocado muito debate nas últimas semanas, nomeadamente quanto aos efeitos macroeconómicos.

Lusa

  • Direita acusa Mariana Mortágua de mandar no Governo
    1:51

    País

    As reações ao novo imposto sobre o património continuam. Agora, é o líder parlamentar do Bloco de Esquerda a garantir que o Governo tinha conhecimento de que Mariana Mortágua ia divulgar a proposta do novo imposto e, que a estratégia foi aceite pelas duas partes. Esta quarta-feira, o primeiro-ministro e vários membros do Executivo viram-se obrigados a dar mais explicações. A Direita acusa Mariana Mortágua de mandar no Governo e dentro do PS há quem critique que a deputada anuncie medidas.

  • Promotores imobiliários revoltados com novo imposto
    1:15

    Economia

    Os promotores imobiliários não escondem que estão revoltados com o novo imposto sobre o património e até o ex-ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, discorda da medida. Numa altura em que está instalada a polémica em torno do assunto, realizou-se no Estoril um encontro que pretende atrair a comunidade internacional para o investimento imobiliário em Portugal.

  • Costa garante que novo imposto não vai afetar rendimentos das famílias
    2:34

    Economia

    O primeiro-ministro diz que é prematuro discutir um novo imposto sobre o património. No entanto, António Costa garante que a medida não vai penalizar o investimento ou os rendimentos das famílias. A forma como o novo imposto foi anunciado já mereceu críticas do presidente da Câmara de Lisboa. Já Mariana Mortágua, recusou-se a fazer mais comentários.

  • A proposta dos partidos para a redução da dívida
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à UE e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido perdão da dívid como os partidos da esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo Ministério Público
    1:54
  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • A história de Macron e Brigitte Trogneux, 25 anos mais velha
    1:25

    Eleições França 2017

    A segunda volta das eleições francesas acontece já no próximo dia 7 de maio. Caso Emmanuel Macron seja eleito, o país terá como primeira-dama uma mulher 25 anos mais velha do que o Presidente. Brigitte Trogneux tem 64 anos e Macron 39, conheceram-se no liceu privado de jesuítas, em Amiens. Brigitte era a professora e Macron o aluno. Conheça a história do casal. 

  • Autoridades garantem ter evitado novo ataque terrorista em Londres
    0:59

    Mundo

    A polícia britânica garante que evitou um novo atentado em Londres. Mulher baleada faz parte das oito pessoas que foram detidas numa operação antiterrorista na capital britânica e no sul de Inglaterra. A operação realizou-se após a detenção de um homem com três facas, nas imediações do Parlamento britânico.

  • Polícia espanhola divulga imagens de operação anti-jihadista

    Mundo

    A polícia espanhola divulgou esta sexta-feira novas imagens da operação anti-jihadista levada a cabo na terça-feira em Barcelona. Sabe-se agora que dois dos nove suspeitos detidos podem estar relacionados com a célula terrorista de Bruxelas, responsável pelos ataques no Aeroporto de Zaventem e no metro da capital belga.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.