sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Secretário de Estado diz que OE2017 prevê "nova redução do nível de fiscalidade"

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares garantiu que o Orçamento de Estado para 2017 prevê "uma nova redução do nível de fiscalidade", numa entrevista ao Negócios em que admite aumentos das pensões acima da inflação.

"Vamos ter uma nova redução do nível de fiscalidade, e isso é importante quando nós sistematicamente vamos ouvindo notícias ou fugas, umas confirmadas ou não, sobre aumento de impostos, um sobressalto permanente, quando em 2016 o nível de fiscalidade reduziu e em 2017 o mesmo vai acontecer", assegura Pedro Nuno Santos na entrevista publicada hoje pelo Negócios.

Para o secretário de Estado, é "injusta" a ideia de que o executivo prepara aumentos generalizados de impostos.

"É injusto para com um Governo que não é, por mais cambalhotas que se queira dar, um Governo que aumenta o nível de fiscalidade como aconteceu durante quatro anos", assinala.

Pedro Nuno Santos aponta o caso do IVA da restauração, que se reduziu para 13% no segundo semestre de 2016, e em 2017 vai manter a incidência durante todo o ano.

Na entrevista, o secretário de Estado reafirma o objetivo de "um sistema fiscal mais progressivo", admitindo que as "mexidas nos escalões de IRS são um objetivo desta legislatura", mas não vão acontecer já em 2017.

Quanto ao imposto sobre o património, Pedro Nuno Santos diz que o processo está "em fase de conclusão", escusando-se a indicar o valor patrimonial dos imóveis a partir do qual será aplicado, afirmando apenas que "há algumas afinações para fazer".

O membro do Governo reafirma a possibilidade de aumentos das pensões "acima da inflação".

"Não há nenhuma medida que vá contra a matriz ideológica do PS", assegura ainda o secretário de Estado, para quem Marcelo Rebelo de Sousa é "um Presidente que mudou a forma como se exerce essa presidência e conseguiu reconciliar o povo com a política, os políticos, nomeadamente com a Presidência da República".

Lusa

  • "Vamos ter uma nova redução do nível de fiscalidade"
    0:46

    Economia

    Em entrevista à Antena 1 e ao Jornal Negócios, Pedro Nuno Santos admite que vai haver uma redução do nível de fiscalidade. O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares diz que aliviar a tributação dos rendimentos continua a ser um objetivo do governo mas diz que a alteração dos escalões do IRS não tem data marcada.

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.