sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Costa diz que não vale a pena tanta ansiedade sobre a proposta de OE

© Lusa

O primeiro-ministro recusou-se hoje a comentar matérias relacionadas com conteúdos específicos da proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2017, alegando que será conhecida dentro de dias e que não vale a pena tanta ansiedade.

António Costa falava aos jornalistas no final de uma receção à comunidade portuguesa em Macau, no Consulado de Portugal, durante o quarto dos seus cinco dias de visita oficial à China.

Os jornalistas pediram ao líder do executivo para esclarecer se a sobretaxa de IRS vai acabar na totalidade a 1 de janeiro próximo ou se a sua eliminação será gradual, e também se já chegou a acordo com PCP e Bloco de Esquerda sobre o valor do aumento das pensões no próximo ano.

"Daqui a dois dias saberemos respostas para isso tudo", respondeu o primeiro-ministro.

Perante a insistência dos jornalistas em questões sobre matéria orçamental, António Costa disse ainda: "Vamos lá ver o seguinte, há uma semana já disse que faltava uma semana para fecharmos o Orçamento, hoje faltam dois dias e não vale a pena sermos tão ansiosos".

"Concentremo-nos no trabalho que estamos a fazer com esta visita à República Popular da China, que hoje teve uma etapa muito importante em Macau e que na terça-feira prosseguirá em Shenzhen, onde visitaremos um importante centro tecnológico, a Huawei, e assistiremos à assinatura de mais um acordo com a PT, potenciando a capacidade tecnológica de Portugal", afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de esta multinacional chinesa de telecomunicações instalar em Portugal um centro tecnológico, António Costa respondeu que isso se saberá na quarta-feira em Shenzhen.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28