sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Conselho de Ministros aprova Orçamento do Estado após 10 horas de reunião

O Conselho de Ministros aprovou a proposta de Orçamento do Estado para 2017 após 10 horas de reunião, documento que será entregue esta sexta-feira na Assembleia da República.

A reunião do Conselho de Ministros teve início às 10:00.

A proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2017 será apresentada publicamente na sexta-feira, pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, após a sua entrega formal na Assembleia da República.

As linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2017 foram apresentadas aos partidos pelo ministro das Finanças na quarta-feira na Assembleia da República.

No final dessa série de reuniões, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, afirmou que até à aprovação final do Orçamento do Estado (OE) todo o tempo é de "negociação" com os partidos que viabilizam o Governo, mas garantiu que, em 2017, a carga fiscal vai baixar.

"Pela segunda vez, a carga fiscal vai baixar. De aumentos brutais de impostos percebem alguns partidos da oposição, não este Governo", vincou Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos parlamentares, no final de reuniões na Assembleia da República com os todos os partidos à exceção do PS, que apenas à noite se reuniu com o Governo.

Em causa estava a apresentação das linhas gerais do Orçamento para 2017, um documento que, advogou Pedro Nuno Santos, "consolida os avanços" já feitos em 2016 pelo executivo viabilizado no parlamento por PS, BE, PCP e "Os Verdes": "Há um trabalho em curso que está a correr bem. Mais uma vez os quatro partidos que sustentam maioritariamente este Governo estão a trabalhar de forma séria, cuidada, exigente, para que consigamos ter um Orçamento aprovado por uma maioria parlamentar", declarou o governante.

A proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2017 vai ser discutida na Assembleia da República na generalidade a 03 e 04 de novembro e o debate na especialidade em plenário ficou marcado para os dias 24, 25 e 28 de novembro.

Segundo o calendário fixado em conferência de líderes, a 29 de novembro será o encerramento do debate e a votação final global da proposta do Governo de Orçamento para o próximo ano.

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.