sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Centeno garante que orçamento é justo nas opções de tributação

NUNO FOX

O ministro das Finanças, Mário Centeno, disse esta sexta-feira que a proposta do Orçamento do Estado entregue no parlamento é justa nas opções de tributação e que em 2017 os cidadãos irão recuperar rendimentos e sentir redução da carga fiscal.

"Este Orçamento tem como objetivo um país mais justo, consolidando o que foram os avanços de política económica de 2016. É um orçamento responsável, com justiça nas opções de tributação que promove, mas é, sempre assim, um orçamento de escolhas", afirmou Mário Centeno em conferência de imprensa esta sexta-feira, no Ministério das Finanças, em Lisboa.

O responsável pelas Finanças Públicas disse que a proposta de Orçamento hoje entregue na Assembleia da República significa pela parte do Governo uma "aposta na recuperação de rendimentos, que se traduz desde logo na redução da carga fiscal, desde logo nos impostos diretos sobre rendimentos".

Mário Centeno repetiu ainda uma ideia frequente, de que este Orçamento terá "rigor na execução da despesa pública", mas que também "assegura apoio ao investimento", "combate a fraude e evasão fiscal" e "cria estabilidade fiscal".

O ministro vincou mesmo que os "principais códigos tributários não serão alterados" no próximo ano: "IRS, IRC, IVA, IS (Imposto de Selo), IMI, IMT: Nenhum destes impostos sofre agravamentos, vários sofrem desagravamentos", disse.

Ainda na apresentação do Orçamento do Estado para 2017 (OE2017) perante os jornalistas, o responsável pela pasta das Finanças disse querer aproveitar para "desmistificar rumores" acerca de medidas que podiam constar do Orçamento do próximo ano.

"O Orçamento do Estado apresenta-se aqui, no Ministério das Finanças, quando todas as medidas estão fechadas e a discussão concluída", afirmou Centeno.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.