sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Governo cria site para dar a conhecer grandes prioridades

O Governo criou uma página na Internet para dar a conhecer as prioridades do Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), com vídeos do primeiro-ministro e do ministro da Segurança Social e links para a proposta de lei e relatório.

Com ligações através das quais podem ser descarregadas a proposta de lei, o relatório e a apresentação do OE2017, o site identifica as "grandes prioridades" para o próximo ano - famílias, investimento, estado social e conhecimento.

Segundo fonte do gabinete do primeiro-ministro, a criação do site visou dar a conhecer o Orçamento do Estado e as suas prioridades de forma acessível e clara a todos os portugueses.

O site contém um vídeo, divulgado na sexta-feira, em que o primeiro-ministro, António Costa, defende que as "famílias portuguesas vão pagar menos impostos e os impostos que vão pagar terão maior justiça fiscal".

Com o título "O Orçamento explicado", surgem mais dois vídeos, o primeiro do ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, a pormenorizar alguns dos investimentos previstos, e um segundo, do ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

O site contém ainda pequenos quadros que correspondem às diferentes áreas da governação, que resumem os principais objetivos das políticas para os setores da Educação, Saúde, Modernização Administrativa, Defesa Nacional, Ambiente e os restantes setores.

O Orçamento do Estado para 2017 foi entregue na sexta-feira na Assembleia da República. A proposta prevê um crescimento económico de 1,5%, um défice de 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB), uma inflação de 1,5% e uma taxa de desemprego de 10,3%.

Para este ano, o executivo liderado por António Costa piorou as estimativas, esperando agora um crescimento económico de 1,2% e um défice orçamental de 2,4% do PIB.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.