sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Ministra da presidência confiante na aprovação do Orçamento em Bruxelas

A ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, manifestou-se hoje convicta na aprovação, pela Comissão Europeia, do Orçamento do Estado de 2017 (OE2017), cuja proposta será ainda hoje apresentada em Bruxelas.

Para a ministra, o facto de Portugal estar a demonstrar, este ano, que cumpre os seus objetivos é um fator que promove a confiança de Bruxelas no Governo.

Maria Manuel Leitão Lopes salientou que a execução orçamental em 2016 gera confiança quer da parte da Comissão Europeia quer dos mercados de que as metas serão cumpridas "também em 2017".

"A Comissão Europeia deve ver que nós cumprimos com aquilo que era a nossa meta e, pela primeira vez, o défice vai ficar abaixo dos 3% [do Produto Interno Bruto (PIB)] e que também cumprimos com aquilo que eram os objetivos do nosso programa de Governo", disse a ministra, em declarações aos jornalistas, em Bruxelas, falando do esforço orçamental em 2016.

Questionada sobre se Lisboa vai apresentar o projeto de OE2016 ainda hoje, a ministra disse que serão cumpridos os prazos que a Comissão dá, "como sempre".

A proposta de OE2017 das autoridades portuguesas, bem como o relatório sobre as medidas adotadas no quadro do processo de sanções por défice excessivo em 2015 deve ser apresentada em Bruxelas até ao final do dia de hoje.

O Governo apresentou na sexta-feira a proposta de Orçamento do Estado de 2017 que prevê um crescimento económico de 1,5%, um défice de 1,6% do PIB, uma inflação de 1,5% e uma taxa de desemprego de 10,3%.

Para este ano, o executivo liderado por António Costa piorou as estimativas, esperando agora um crescimento económico de 1,2% e um défice orçamental de 2,4% do PIB.

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.