sicnot

Perfil

Orçamento do Estado 2017

Ministra da presidência confiante na aprovação do Orçamento em Bruxelas

A ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques, manifestou-se hoje convicta na aprovação, pela Comissão Europeia, do Orçamento do Estado de 2017 (OE2017), cuja proposta será ainda hoje apresentada em Bruxelas.

Para a ministra, o facto de Portugal estar a demonstrar, este ano, que cumpre os seus objetivos é um fator que promove a confiança de Bruxelas no Governo.

Maria Manuel Leitão Lopes salientou que a execução orçamental em 2016 gera confiança quer da parte da Comissão Europeia quer dos mercados de que as metas serão cumpridas "também em 2017".

"A Comissão Europeia deve ver que nós cumprimos com aquilo que era a nossa meta e, pela primeira vez, o défice vai ficar abaixo dos 3% [do Produto Interno Bruto (PIB)] e que também cumprimos com aquilo que eram os objetivos do nosso programa de Governo", disse a ministra, em declarações aos jornalistas, em Bruxelas, falando do esforço orçamental em 2016.

Questionada sobre se Lisboa vai apresentar o projeto de OE2016 ainda hoje, a ministra disse que serão cumpridos os prazos que a Comissão dá, "como sempre".

A proposta de OE2017 das autoridades portuguesas, bem como o relatório sobre as medidas adotadas no quadro do processo de sanções por défice excessivo em 2015 deve ser apresentada em Bruxelas até ao final do dia de hoje.

O Governo apresentou na sexta-feira a proposta de Orçamento do Estado de 2017 que prevê um crescimento económico de 1,5%, um défice de 1,6% do PIB, uma inflação de 1,5% e uma taxa de desemprego de 10,3%.

Para este ano, o executivo liderado por António Costa piorou as estimativas, esperando agora um crescimento económico de 1,2% e um défice orçamental de 2,4% do PIB.

Lusa

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois do tribunal ter desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31