sicnot

Perfil

Óscares 2016

Óscares 2016

Óscares 2016

88.ª edição dos Óscares registou as audiências mais baixas desde 2008

A gala, apresentada pelo comediante Chris Rock e que coroou "O Caso Spotlight" como melhor filme de 2015, teve um índice de audiência global de 10,4% entre o público adulto entre os 18 e os 49 anos.

O comediante Chris Rock apresenta a cerimónia dos Óscares, em Los Angels.

O comediante Chris Rock apresenta a cerimónia dos Óscares, em Los Angels.

© Mario Anzuoni / Reuters

A cerimónia dos Óscares realizada em 2015, que teve Neil Patrick Harris como apresentador, conseguiu um melhor resultado, registando uma audiência de 37,3 milhões de telespetadores com uma quota de audiência de 11%.

Quanto às audiências, a edição de domingo foi a pior desde a cerimónia de 2008, apresentada por John Stewart, que teve apenas 32 milhões de telespetadores.

De acordo com os dados apresentados hoje pelo meio especializado Deadline, a gala de 2014, conduzida por Ellen DeGeneres, mantém-se como a mais vista do século XXI com 43,7 milhões de telespetadores.

A 88ª edição dos Óscares, realizada no domingo, esteve envolta em polémica por não ter havido qualquer ator negro nomeado, pelo segundo ano consecutivo. A ausência de nomeações terá levado a um boicote por parte da comunidade negra, que ter-se-á refletido no resultado das audiências.

"O apagão aos 'Óscares brancos' este ano foi um êxito fantástico" disseram hoje Earl Ofari Hutchinson, presidente da Mesa Redonda sobre Política Urbana de Los Angeles, e Najee Ali, presidente do Projeto Esperança islâmica no meio especializado Deadline.

Como parte integrante dos que organizaram o boicote, Oscar Ofari Hutchinson e Ali reiteraram que, se não houver mudanças para promover a diversidade em Hollywood, o próximo passo será o de organizar um "apagão" dirigido aos anunciantes de televisão.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.