sicnot

Perfil

Óscares 2017

Óscares 2017

Óscares 2017

Óscares a 26 de fevereiro com mais mulheres e minorias entre membros da Academia

A próxima edição dos Óscares realiza-se a 26 de fevereiro de 2017, em Los Angeles, anunciou esta quinta-feira a academia norte-americana de cinema, que dirigiu a mulheres e "minorias étnicas" o maior número de convites para novos membros.

© Lucy Nicholson / Reuters

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood anunciou ter convidado 683 personalidades do setor, para se juntarem à organização, com mulheres e "minorias étnicas" a ocuparem a maior percentagem de convites para novos membros -- respetivamente, 46 e 41 por cento.

Os vencedores dos Óscares são estabelecidos pela votação dos membros da Academia e este anúncio verifica-se depois da polémica sobre questões raciais, que marcou a edição de 2016.

Na altura, pelo segundo ano consecutivo, a academia de cinema de Hollywood nomeara atores exclusivamente brancos, motivando uma onda de protestos e apelo a um boicote na cerimónia, realizada a 28 de fevereiro, nomeadamente por parte do realizador Spike Lee e do casal de atores Will Smith e Jada Pinkett-Smith.

Em janeiro deste ano, a organização anunciou que iria tomar "medidas históricas" para que, de futuro, os prémios pudessem ser mais abrangentes, com maior diversidade racial e étnica.

Os novos membros serão recebidos pela Academia no jantar anual marcado para 12 de novembro.

De acordo com o último relatório anual da Academia de Hollywood, disponibilizado no seu sítio na internet, de julho de 2014 a julho de 2015, foram endereçados 322 convites para novos membros, tendo aumentado em 13 por cento o número de mulheres, no total de associados.

As nomeações para a próxima edição dos prémios de cinema de Hollywood serão reveladas a 24 de janeiro de 2017, e a ronda final de votações, dos membros da academia, que estabelecerá os vencedores, decorrerá de 13 a 21 de fevereiro, de acordo com o calendário hoje divulgado.

A 89.ª cerimónia de entrega dos Óscares deverá ser transmitida para, pelo menos, 225 países e territórios.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.