sicnot

Perfil

Óscares 2017

Óscares 2017

Óscares 2017

Musical "La La Land" arrecada 14 nomeações para os Óscares e destrona "Mary Poppins"

O musical "La La Land: Melodia de amor", de Damien Chazelle, soma 14 nomeações para os prémios Óscares, de cinema, hoje anunciados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

O filme, que se estreia esta quinta-feira nos cinemas portugueses, está nomeado na maioria das categorias dos prémios, incluindo melhor filme, realização, argumento original e banda sonora, tem ainda uma dupla nomeação para melhor canção e para melhor ator e atriz principais, com o par Ryan Gosling e Emma Stone.

"La La Land: Melodia de amor" iguala, em número de nomeações, os filmes "Titanic" (1997) e "Eva" (1950).

Segundo a BBC, o filme supera as 13 nomeações do musical "Mary Popppins" (1964).

Na categoria de "Melhor realização" estão nomeados Damien Chazelle, Tom Ford ("Animais Noturnos"), Barry Jenkins ("Moonlight") e Kenneth Lonergan ("Manchester by the sea") - todos indicados pela primeira vez - e ainda Mel Gibson ("O herói de Hacksaw Ridge").

Para melhor filme foram nomeados "Primeiro Encontro", "Vedações", "O herói de Hacksaw Ridge", "Hell or High Water - Custe o que custar!", "La La Land: Melodia de amor", "Lion - A longa estrada para casa", "Manchester by the sea" e "Moonlight".

Para melhor filme estrangeiro, em língua não inglesa, estão nomeados "Toni Erdman" (Alemanha), "Land of mine" (Dinamarca), "A man called Ove" (Suécia), "Tanna" (Austrália) e "O vendedor" (Irão).

A 89.ª cerimónia dos Óscares está marcada para 26 de fevereiro, em Los Angeles, com apresentação de Jimmy Kimmel.

Os Óscares são atribuídos pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.


Lusa

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.