sicnot

Perfil

Óscares 2018

Óscares 2018

Óscares 2018

Estas foram as suas escolhas. Acertou?

A edição 90 dos Óscares realizou-se este domingo em Hollywood. A SIC Notícias desafiou-o a dar os seus palpites nas três principais categorias dos prémios mais importantes do cinema. Depois das apostas feitas resta saber se quem por aqui votou acertou.

Os palpites foram certeiros, com exceção da categoria principal da noite. Quem por aqui votou elegia "Três Cartazes à Beira da Estrada" como o melhor filme de 2017, a estatueta dourada foi para "A Forma da Água". Nas categorias de interpretação as escolhas bateram certo com as dos membros da Academia de Hollywood.

Melhor Filme

"A Forma da Água" - vencedor do Óscar de Melhor Filme

"A Forma da Água", de Guillermo del Toro, foi o vencedor do grande galardão da noite. O filme conta uma história de amor entre uma mulher e um animal aquático, com o tema da Guerra Fria em pano de fundo. No total "A Forma da Água" ganhou 4 Óscares.

"Três Cartazes à Beira da Estrada" - 29,9% (votação dos internautas da SIC Notícias)

Três Cartazes à Beira da Estrada" retrata a luta de uma mãe para que as autoridades encontrem o assassino da filha. A história passa-se numa pequena cidade dos Estados Unidos, onde a personagem principal, perante a inércia da polícia, manda afixar três cartazes em que desafia os agentes. O filme está nomeado em sete categorias.

Melhor Ator

Gary Oldman - vencedor do Óscar de Melhor Ator - (51,5% - votação dos internautas da SIC Notícias)

Gary Oldman é Winston Churchill em “A Hora Mais Negra”. Com a Grã-Bretanha prestes a perder a guerra para uma Alemanha nazi e a poucos dias de se tornar primeiro-ministro britânico. Oldman nasceu em Londres a 21 de março e 1958. Venceu o primeiro Óscar da carreira depois de ter sido nomeado em 2012 com o filme de espionagem “A Toupeira”.

Melhor Atriz

Frances McDormand - vencedora do Óscar de Melhor Atriz - (51,8% - votação dos internautas da SIC Notícias)

Frances McDormand, nascida como Cynthia Ann Smith, venceu o segundo Óscar de Melhor Atriz pelo seu papel em "Três Cartazes à Beira da Estrada". A atriz protagoniza uma mãe que luta para que as autoridades encontrem o assassino da filha. O papel também valeu a Frances McDormand o prémio de Melhor Atriz dos Bafta e dos Globos de Ouro.

  • Os nomeados para o Óscar de Melhor Ator

    Óscares 2018

    Daniel Day-Lewis, Daniel Kaluuya, Gary Oldman, Denzel Washington, e Timothée Chalamet são os nomeados deste ano para o Óscar de Melhor Ator. Protagonistas de histórias que o transportam para outros tempos, são eles que vestem a pele de um estilista londrino dos anos 50, um jovem afro-americano que descobre um segredo sombrio, o primeiro-ministro britânico durante a II Guerra Mundial, Winston Churchill, um advogado empenhado em conseguir sempre a sentença mais justa para os seus clientes e um jovem de 17 anos durante umas férias em Itália conhece alguém que vai mudar a sua vida.

  • As nomeadas para o Óscar de Melhor Atriz

    Óscares 2018

    De uma editora do The Washington Post a uma jovem aspirante a artista, passando ainda por uma patinadora, uma funcionária de limpeza de um laboratório secreto e uma mãe que procura pelo assassino da filha. Estas são as cinco nomeadas para o Óscar de Melhor Atriz. Meryl Streep consegue a sua 21.º nomeação para os prémios, enquanto a jovem Saoirse Ronan, de 23 anos, é nomeada pela terceira vez. Sally Hawkins consegue a segunda nomeação e Frances McDormand a quinta. Margot Robbie é a estreante deste lote.

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.