Pagar para perder

Jogadores do Rio Ave arriscam pena até 10 anos de prisão

Jogadores do Rio Ave arriscam pena até 10 anos de prisão

Os jogadores do Rio Ave constituídos arguidos por suspeitas de corrupção em alegado esquema de viciação de apostas desportivas arriscam uma pena até 10 anos de prisão. Tanto o sindicato que os representa como o clube onde jogam estão surpreendidos. 

  • "O futebol português é um caso de polícia há mais de 30 anos"
    5:46

    Pagar para perder

    Rui Santos esteve no Jornal da Noite da SIC para falar sobre o caso Feirense - Rio Ave, em que quatro jogadores do Rio Ave foram constituídos arguidos por suspeitas de corrupção num alegado esquema de viciação de apostas desportivas. O comentador da SIC afirma que o caso coloca "em causa a credibilidade do futebol à escala mundial" e diz que os quatro jogadores em questão ficam estigmatizados depois dos seus nomes serem revelados. Para o comentador da SIC, há mais de 30 anos que o futebol português é um caso de polícia, e esta suspeita de resultados combinados é exemplo disso.

  • Os quatro jogadores do Rio Ave constituídos arguidos
    4:28

    Pagar para perder

    Três dos quatro jogadores do Rio Ave constituídos arguidos por corrupção ainda jogam no clube. São eles Cássio, Marcelo e Nadjack. O outro foi transferido para a 2.ª divisão inglesa. Trata-se de Roderick Miranda, defesa formado no Benfica. A Procuradoria-Geral da República confirmou, entretanto, a investigação da Polícia Judiciária do Porto, revelada na quarta-feira pela SIC.

  • "Bebemos a água que escorria das rochas"

    Mundo

    Os 12 rapazes e o treinador que ficaram presos numa gruta na Tailândia durante 18 dias revelaram hoje alguns pormenores de como sobreviveram, na primeira conferência de imprensa.

  • "Os Maias" deixam de ser leitura obrigatória no secundário

    País

    Obras como "Os Maias" e "A Ilustre Casa de Ramires", de Eça de Queirós, vão deixar de ser de leitura obrigatória no ensino secundário a partir do próximo ano letivo. Os alunos deixam de ter indicação de uma obra específica para ler, passando o professor a escolher livremente uma obra de cada autor. O objetivo é fazer face aos programas extensos.

  • Marcelo assinala "passos importantes" na Cimeira da CPLP
    2:16