sicnot

Perfil

Panama Papers

Empresa ajudava multimilionários a esconder fundos das ex-mulheres

Empresa ajudava multimilionários a esconder fundos das ex-mulheres

A empresa de advogado panamiana Mossack Fonseca, envolvida no caso "Panama papers", tinha várias áreas de negócio, tão variadas que incluiam um negócio em expansão. O apoio a multimilionários que queriam esconder fundos de ex-mulheres.

  • Como chefes de Estado, criminosos e celebridades escondem o dinheiro
    2:55

    Panama Papers

    O Ministério Público do Panamá vai investigar as denúncias de fraude, lavagem de dinheiro e evasão fiscal divulgadas pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação que envolve a empresa de advogados Mossack Fonseca, com sede no Panamá. Em causa está o enriquecimento ilícito e a fuga ao fisco de políticos, empresários, celebridades e criminosos de todo o mundo. Os dados foram conhecidos através de uma fuga de informação que divulgou mais de 11 milhões de documentos.

  • Governos investigam informações reveladas pelos "Panama papers"
    2:34

    Panama Papers

    O "Panama papers" é o escândalo de que se fala em todo o mundo. Dezenas de governos começaram já a investigar as informações destes documentos. Políticos suspeitos de esquemas de evasão fiscal e lavagem de dinheiro ignoraram ou negam as informações de uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas. François Hollande já prometeu penalizações aos franceses implicados.

  • Cerca de 500 bancos terão criado mais de 15 mil empresas em paraísos fiscais
    2:30

    Panama Papers

    Cerca de 500 bancos terão criado mais de 15 mil empresas em paraísos fiscais. De acordo com a investigação Panama Papers, os dez maiores bancos europeus estão envolvidos no esquema de milhares de milhões de euros escondidos em offshores. A criação destas empresas terá surgido através da Mossack Fonseca, a quarta maior empresa de criação de contas em paraísos fiscais.

  • "Informação foi entregue a um jornal alemão e ninguém sabe quem é a fonte"
    5:17

    Panama Papers

    A informação referente à operação "Panama Papers" "foi entregue a um jornal alemão e ninguém sabe quem é a fonte", de acordo com o diretor do Expresso, um dos jornais com acesso aos dados da investigação. Pedro Santos Guerreiro esteve, esta noite, no Jornal da Noite, e explicou ainda como está a ser organizada a partilha de informação. A investigação foi desencadeada por jornalistas e trata-se de um escândalo mundial de lavagem de dinheiro e evasão fiscal que envolve atuais e antigos chefes de estado, celebridades e milionários.

  • Dezenas de chefes de Estado e do governo envolvidos no caso "Panama papers"
    2:41

    Panama Papers

    Entre as personalidades que emergem da investigação "Panama papers" contam-se dezenas de chefe-de Estado e do Governo, alguns ainda em funções. Poderão estar envolvidos o Presidente do Paquistão, o rei da Arábia Saudita, o Presidente da Ucrânia, uma tia do Rei de Espanha, entre outros. Os dados da fuga de informação dizem respeito ao período entre 1977 e 2015.

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.