sicnot

Perfil

Panama Papers

Empresa ajudava multimilionários a esconder fundos das ex-mulheres

Empresa ajudava multimilionários a esconder fundos das ex-mulheres

A empresa de advogado panamiana Mossack Fonseca, envolvida no caso "Panama papers", tinha várias áreas de negócio, tão variadas que incluiam um negócio em expansão. O apoio a multimilionários que queriam esconder fundos de ex-mulheres.

  • Como chefes de Estado, criminosos e celebridades escondem o dinheiro
    2:55

    Panama Papers

    O Ministério Público do Panamá vai investigar as denúncias de fraude, lavagem de dinheiro e evasão fiscal divulgadas pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação que envolve a empresa de advogados Mossack Fonseca, com sede no Panamá. Em causa está o enriquecimento ilícito e a fuga ao fisco de políticos, empresários, celebridades e criminosos de todo o mundo. Os dados foram conhecidos através de uma fuga de informação que divulgou mais de 11 milhões de documentos.

  • Governos investigam informações reveladas pelos "Panama papers"
    2:34

    Panama Papers

    O "Panama papers" é o escândalo de que se fala em todo o mundo. Dezenas de governos começaram já a investigar as informações destes documentos. Políticos suspeitos de esquemas de evasão fiscal e lavagem de dinheiro ignoraram ou negam as informações de uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas. François Hollande já prometeu penalizações aos franceses implicados.

  • Cerca de 500 bancos terão criado mais de 15 mil empresas em paraísos fiscais
    2:30

    Panama Papers

    Cerca de 500 bancos terão criado mais de 15 mil empresas em paraísos fiscais. De acordo com a investigação Panama Papers, os dez maiores bancos europeus estão envolvidos no esquema de milhares de milhões de euros escondidos em offshores. A criação destas empresas terá surgido através da Mossack Fonseca, a quarta maior empresa de criação de contas em paraísos fiscais.

  • "Informação foi entregue a um jornal alemão e ninguém sabe quem é a fonte"
    5:17

    Panama Papers

    A informação referente à operação "Panama Papers" "foi entregue a um jornal alemão e ninguém sabe quem é a fonte", de acordo com o diretor do Expresso, um dos jornais com acesso aos dados da investigação. Pedro Santos Guerreiro esteve, esta noite, no Jornal da Noite, e explicou ainda como está a ser organizada a partilha de informação. A investigação foi desencadeada por jornalistas e trata-se de um escândalo mundial de lavagem de dinheiro e evasão fiscal que envolve atuais e antigos chefes de estado, celebridades e milionários.

  • Dezenas de chefes de Estado e do governo envolvidos no caso "Panama papers"
    2:41

    Panama Papers

    Entre as personalidades que emergem da investigação "Panama papers" contam-se dezenas de chefe-de Estado e do Governo, alguns ainda em funções. Poderão estar envolvidos o Presidente do Paquistão, o rei da Arábia Saudita, o Presidente da Ucrânia, uma tia do Rei de Espanha, entre outros. Os dados da fuga de informação dizem respeito ao período entre 1977 e 2015.

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.