sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Presidente ucraniano diz que respeitou integralmente a lei

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, que uma investigação internacional revelou ter registado uma empresa num paraíso fiscal no auge da guerra com os separatistas pró-russos, afirmou hoje que respeitou integralmente a lei.

© Gleb Garanich / Reuters

A investigação internacional do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação, designada "Papéis do Panamá", revelou que o presidente pró-ocidental da Ucrânia registou uma empresa nas Ilhas Virgens britânicas, a 21 de agosto de 2014, cuja existência omitiu nas declarações de rendimento.

Num comunicado divulgado hoje na sua página no Facebook, Poroshenko não nega a existência da empresa, mas assegura que nunca violou a lei ucraniana ou as leis internacionais.

"Sou talvez o primeiro alto responsável na Ucrânia que encara as questões relacionadas com declarações de rendimentos, pagamento de impostos e conflitos de interesses com seriedade e profundidade e em total cumprimento da lei ucraniana e internacional", escreveu.

"Ao tornar-me presidente, deixei de participar na gestão dos meus bens, tendo delegado essa responsabilidade em consultoras e sociedades de advogados", acrescentou.

A Procuradoria--Geral da Ucrânia disse ter analisado as informações e não ter encontrado "nenhum indício de crime".

Já o líder do Partido Radical (populista), Oleg Lyashko, defendeu a demissão de Poroshenko e disse ter "iniciado procedimentos para a destituição" do presidente. O partido tem 21 dos 450 deputados do parlamento nacional ucraniano

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.