sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Presidente ucraniano diz que respeitou integralmente a lei

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, que uma investigação internacional revelou ter registado uma empresa num paraíso fiscal no auge da guerra com os separatistas pró-russos, afirmou hoje que respeitou integralmente a lei.

© Gleb Garanich / Reuters

A investigação internacional do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação, designada "Papéis do Panamá", revelou que o presidente pró-ocidental da Ucrânia registou uma empresa nas Ilhas Virgens britânicas, a 21 de agosto de 2014, cuja existência omitiu nas declarações de rendimento.

Num comunicado divulgado hoje na sua página no Facebook, Poroshenko não nega a existência da empresa, mas assegura que nunca violou a lei ucraniana ou as leis internacionais.

"Sou talvez o primeiro alto responsável na Ucrânia que encara as questões relacionadas com declarações de rendimentos, pagamento de impostos e conflitos de interesses com seriedade e profundidade e em total cumprimento da lei ucraniana e internacional", escreveu.

"Ao tornar-me presidente, deixei de participar na gestão dos meus bens, tendo delegado essa responsabilidade em consultoras e sociedades de advogados", acrescentou.

A Procuradoria--Geral da Ucrânia disse ter analisado as informações e não ter encontrado "nenhum indício de crime".

Já o líder do Partido Radical (populista), Oleg Lyashko, defendeu a demissão de Poroshenko e disse ter "iniciado procedimentos para a destituição" do presidente. O partido tem 21 dos 450 deputados do parlamento nacional ucraniano

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.