sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Centenas de pessoas exigem a demissão imediata de David Cameron

Centenas de pessoas participam num protesto junto a Downing Street, a residência oficial do primeiro-ministro britânico. Exigem a demissão imediata de David Cameron, depois de conhecido o envolvimento do primeiro-ministro no escândalo dos Panama Papers.

© Neil Hall / Reuters

Alguns manifestantes têm máscaras onde se pode ler a palavra ganância e aparecem a comer notas de plástico, outros empunham cartazes a dizer que Cameron tem de sair já.

O primeiro-ministro britânico tem estado debaixo de fogo depois de ter admitido que ganhou cerca de 30 mil libras provenientes de um paraíso fiscal criado pelo pai. Depois desta revelação, Cameron atingiu o mais baixo nível de popularidade dos últimos anos.

  • O escândalo dos Panama Papers pelo mundo
    2:14

    Panama Papers

    No Reino Unido, o primeiro-ministro britânico nega qualquer ilegalidade. David Cameron garante que pagou os impostos devidos pelas ações no fundo offshore do pai, referenciado no escândalo "Panama Papers". O primeiro-ministro recebeu 430 mil euros da herança do pai, mas diz que não conhece a origem do dinheiro. Na Argentina, manifestantes pediram demissão do presidente. Mauricio Macri diz que não cometeu qualquer ilegalidade. Na Rússia, Putin afirma que amigo gastou dinheiro com doação de instrumentos à Rússia. No Panamá, empresa Mossack Fonseca fala no roubo de ficheiros a partir de uma servidor estrangeiro.

  • David Cameron faz mea culpa e promete revelar todos os registos fiscais
    0:32

    Panama Papers

    David Cameron disse esta manhã que vai revelar publicamente todos os seus registos fiscais para esclarecer a polémica em que se viu envolvido da investigação Panamá Papers. Num discurso no fórum do partido conservador britânico do qual é líder, o primeiro ministro reconhece que conduziu mal o processo dos registos fiscais da família nomeadamente no que diz respeito ao pagamento de impostos.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.