sicnot

Perfil

Panama Papers

Gestor de fortunas português admite ter como clientes ex-ministros portugueses

Gestor de fortunas português admite ter como clientes ex-ministros portugueses

Há ainda outro português que é uma das figuras centrais destes Panama Papers. Chama-se Jorge Cunha é um gestor de fortunas no Luxemburgo que recorre aos serviços da Mossack Fonseca. Admite ter como clientes ex-ministros e outros políticos portugueses e até mesmo o presidente de um país.

  • Ex-ministros portugueses no Panama Papers
    1:54

    Panama Papers

    Uma investigação do Expresso, no âmbito dos Panama Papers, revela documentos confidenciais da Mossack Fonseca em que um gestor de fortunas do Luxemburgo admite ter como clientes ex-ministros portugueses. Hoje, a partir da meia-noite, o jornal Expresso começará a divulgar os nomes dos portugueses que constam nos ficheiros da sociedade Mossack Fonseca.

  • Grupo Espírito Santo esconde saco azul no Panamá durante 21 anos
    1:51

    Panama Papers

    O jornal Expresso, que investiga o escândalo da Mossack Fonseca, revela que o Grupo Espírito Santo escondeu um saco azul no Panamá durante mais 20 anos. Pelas contas do GES no paraíso fiscal podem ter passado mais de 300 milhões de euros. A investigação do Consórcio de Jornalistas revela que Ricardo Salgado e José Manuel Espírito Santo tinham acesso direto às contas offshore mas todo o conselho superior do Grupo podia aceder ao dinheiro.

  • "O grupo Espírito Santo estava assente numa rede de centenas de sociedades offshore"
    5:52

    Panama Papers

    A base de dados utilizada na investigação Panama Papers revela "claramente" que "o grupo Espírito Santo estava assente numa rede de centenas de sociedades offshore", de acordo com o diretor do jornal Expresso. Na noite em que são divulgados os primeiros nomes dos portugueses envolvidos no escândalo, Pedro Santos Guerreiro explicou a complexidade da base de dados que tem cerca de 11 milhões de documentos. Adiantou ainda que contactou todos os envolvidos antes de divulgar os nomes. Manuel Vilarinho, ex-presidente do Benfica, confessou já estar à espera da chamada.

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.