sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

ES Enterprise, do Grupo Espírito Santo, terá pago 180 mil euros a Manuel Pinho

Uma das empresas que consta nos "Panama Papers" terá pago cerca de 180 mil euros ao antigo ministro da Economia Manuel Pinho. De acordo com o jornal Público, a quantia foi paga pela ES Enterprise, uma sociedade do Grupo Espírito Santo.

Arquivo SIC

A alegada remuneração poderá estar ligada à atividade de Manuel Pinho no GES, onde trabalhou durante duas décadas.

A ES Enterprise está a ser investigada pelo Ministério Público desde 2014. Em causa, estão suspeitas de um alegado saco azul.

A empresa seria usada para pagamentos do GES não documentados, por onde terão passado também fundos vindos de Angola.

  • Grupo Espírito Santo passou 300 milhões pelas contas do Panamá
    2:11

    Panama Papers

    O escândalo Panama Papers revela que o Grupo Espírito Santo usou uma teia de centenas de empresas offshore para pagar comissões e outras despesas não documentadas. A investigação confirma assim que o GES tinha um saco azul. Ao longo de vinte anos, Ricardo Salgado e os gestores de topo do Espírito Santos fizeram passar 300 milhões de euros pelas contas do Panamá.

  • Os portugueses na lista do Panama Papers
    1:25

    Panama Papers

    São os primeiros nomes de uma lista de 240 portugueses que surgem na investigação Panama Papers. O Expresso revela hoje que Luís Portela, Ilidio Pinho e Manuel Vilarinho estão na lista com ligações a offshore revelada pelo Consórcio Internacional de Jornalistas que está a investigar o caso. O antigo presidente do Benfica diz que já esperava que o seu nome aparecesse, mas recusa qualquer ilegalidade.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.