sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Offshore do presidente da Bial serviu para movimentar conta na Suíça

A sociedade offshore de Luís Portela, presidente da Bial, serviu para movimentar uma conta famliar na Suíça.

Esta é mais uma informação do Panama Papers, divulgada pelo jornal Expresso, que faz parte do Consórcio Internacional de Jornalistas.

De acordo com o jornal, meses depois da criação da offshore, terá havido uma reunião para aprovar a criação de uma conra no UBS, em Genebra.


Os documentos revelam que, além de Luís Portela, estão envolvidos três dos filhos que tinham poderes para gerir a mesma conta.
Segundo o Expresso, os documentos analisados não dizem qual o património envolvido, nem se a conta no UBS tem ligação direta à BIAL.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.