sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Offshore do presidente da Bial serviu para movimentar conta na Suíça

A sociedade offshore de Luís Portela, presidente da Bial, serviu para movimentar uma conta famliar na Suíça.

Esta é mais uma informação do Panama Papers, divulgada pelo jornal Expresso, que faz parte do Consórcio Internacional de Jornalistas.

De acordo com o jornal, meses depois da criação da offshore, terá havido uma reunião para aprovar a criação de uma conra no UBS, em Genebra.


Os documentos revelam que, além de Luís Portela, estão envolvidos três dos filhos que tinham poderes para gerir a mesma conta.
Segundo o Expresso, os documentos analisados não dizem qual o património envolvido, nem se a conta no UBS tem ligação direta à BIAL.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.