sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Dinheiro do caso Sócrates veio do saco azul dos GES

Nas malhas da investigação dos milhões descobertos pelo Panama Papers encontra-se a Operação Marquês. O dinheiro do caso que envolve José Sócrates no esquema de corrupção, fraude fiscal e branquamento de capitais vem do GES. Esta é a manchete deste sábado do jornal Expresso. Transferências feitas a partir da Espírito Santo Enterprises de offshores podem ser a explicação que faltava ao Ministério Público para concluir o inquérito crime contra José Sócrates e avançar com uma eventual acusação.

A equipa do Departamento Central de Investigação e Ação Penal aguardava há vários meses para saber qual seria a versão dos factos de Hélder Bataglia, o homem forte do Grupo Espírito Santo em Angola e no Congo, presidente da Escom e suspeito de ter passado 12 milhões para contas de Joaquim Barroca, do Grupo Lena.

Ora, Bataglia admitiu ao jornal Expresso e à TVI que as transferências foram feitas a partir do chamado saco azul do GES, a Espírito Santo Entreprises que aparece nos Panama Papers e por onde terão passado 300 milhões de euros de pagamento a destinatários não identificados.

A tese que o Ministério Público construiu ao longo do último ano está relacionada com o resort de luxo de Vale do Lobo de que Bataglia é acionista.

  • Jogo entre FC Porto e Mónaco, reencontro de jogadores e técnicos
    1:18
  • 93% das argentinas alvo de assédio sexual na rua

    Mundo

    Um estudo sobre violência nas vias públicas, divulgado esta semana, revela que 93% das mulheres argentinas diz ter sido alvo de algum tipo de assédio sexual na rua, e 80% sente-se insegura no exterior por esse motivo.