sicnot

Perfil

Panama Papers

Defesa de Sócrates e Salgado "estão a tentar mudar de assunto"

Defesa de Sócrates e Salgado "estão a tentar mudar de assunto"

O diretor do Expresso garante que o jornal contactou os assessores jurídicos de Ricardo Salgado, a propósito da manchete deste sábado, que liga a Operação Marquês a uma offshore do Grupo Espírito Santo. Pedro Santos Guerreiro explica os contornos do caso, que envolve a investigação dos "Panama Papers" e sublinha a importância da declaração de Hélder Bataglia, que admitiu ao Expresso que foram pagas comissões com dinheiro, proveniente de uma offshore do GES.

  • Dinheiro do caso Sócrates veio do saco azul dos GES

    Panama Papers

    Nas malhas da investigação dos milhões descobertos pelo Panama Papers encontra-se a Operação Marquês. O dinheiro do caso que envolve José Sócrates no esquema de corrupção, fraude fiscal e branquamento de capitais vem do GES. Esta é a manchete deste sábado do jornal Expresso. Transferências feitas a partir da Espírito Santo Enterprises de offshores podem ser a explicação que faltava ao Ministério Público para concluir o inquérito crime contra José Sócrates e avançar com uma eventual acusação.

  • Offshore do Espírito Santo no Panama Papers com ligações ao caso Sócrates
    1:59

    Panama Papers

    A investigação "Panana Papers" mostra o envolvimento de uma offshore do Grupo Espírito Santo com a Operação Marquês. Helder Bataglia, o empresário luso-angolano arguido no processo, admite ao Expresso que o dinheiro que transferiu para pagar comissões teve origem numa offshore do grupo então liderado por Ricardo Salgado. O Ministério Público acredita que pelo menos 12 milhões de euros pertencerão a José Sócrates. A defesa do ex-primeiro-ministro nega.

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.