sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Consórcio Internacional de Jornalistas vai divulgar informações sobre 200 mil empresas

O Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ) referiu hoje que, a 09 de maio, vai divulgar a "maior quantidade informação de sempre" sobre empresas e os seus proprietários em offshore no âmbito dos "Papéis do Panamá".

"O banco de dados vai incluir informações sobre mais de 200.000 empresas, fundos, fundos incorporados e fundações em 21 paraísos fiscais desde Hong Kong até ao Nevada, nos Estados Unidos", refere, na sua página na Internet, o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação.

A divulgação daquela informação é, segundo o ICIJ, o "próximo passo da investigação que dura há um ano e ainda está em curso" no Panama Papers.

O escândalo do Panama Papers revelou um vasto sistema de evasão fiscal que tem suscitado uma onde choque mundial e causou a abertura de várias investigações e a demissão do primeiro-ministro da Islândia.

A investigação está a ser feita por uma centena de jornais em todo o mundo a 11,5 milhões de documentos, que revelaram bens em paraísos fiscais de 140 responsáveis políticos ou personalidades públicas.

O conjunto de documentos provém da empresa de advogados panamiana Mossack Fonseca.

Segundo o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, que reuniu para este trabalho 370 jornalistas de mais de 70 países, mais de 214.000 entidades offshore estão envolvidas em operações financeiras em mais de 200 países e territórios em todo o mundo.

Com Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Catarina Martins diz que é preciso ouvir os dois secretários de Estado sobre offshores
    1:27

    Economia

    O Bloco de Esquerda diz que participa com empenho em todas as comissões de inquérito, mas insiste que não faz sentido suspender o trabalho da comissão em curso sobre a Caixa Geral de Depósitos. Catarina Martins esteve esta manhã em Estremoz, onde comentou também o caso das transferências para offshores. A coordenadora do Bloco diz que é preciso ouvir os dois Secretários de Estado dos assuntos fiscais para perceber o que se passou.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.