sicnot

Perfil

Panama Papers

Panama Papers

Panama Papers

Libertado informático suspeito da fuga de informação dos Panama Papers

Um informático do gabinete da sociedade de advogados panamiana Mossack Fonseca, no centro do escândalo dos "Panama Papers", foi libertado na sexta-feira, mas com a proibição de sair da Suíça, anunciou o seu advogado.

O homem, cuja identidade não foi anunciada, é suspeito de ter retirado informação e de acesso indevido a um sistema informático.

"O meu cliente, que tinha sido detido no início do mês, foi colocado em liberdade hoje e comprometeu-se a não sair do território suíço até ao final do inquérito", declarou à AFP o seu advogado, Thomas Barth, que acrescentou que as análises e investigações poderiam durar "vários meses".

Segundo uma fonte conhecedora do caso, a procuradoria tinha ordenado uma busca ao escritório em Genebra do gabinete de advogados panamiano Mossack Fonseca, depois de uma queixa apresentada por esta.

Estão em curso análises para estabelecer se o informático subtraiu dados ao seu empregador e, se se comprovar, que tipo de dados e em que período de tempo.

Segundo o jornal suíço Le Temps, que tinha sido o primeiro a anunciar a detenção do informático, nada permite dizer que se trata do homem que se designa por "John Doe" e que afirma estar na origem das revelações dos "Panama Papers".

Desde o início de abril que a divulgação dos "Panama Papers", revelados por um consórcio de jornalistas e assentes em 11,5 milhões de documentos provenientes do escritório Mossack Fonseca, tem causado a abertura de numerosos inquéritos no mundo e conduziu o primeiro-ministro islandês e um ministro espanhol à demissão.

Os documentos revelaram a utilização em grande escala de sociedades offshore, que permitem a ocultação de ativos em territórios opacos e com uma fiscalidade muito baixa.

Em 5 de abril, a Mossack Fonseca queixou-se de ter sido vítima de uma pirataria informática, realizada a partir de servidores estrangeiros, anunciou a apresentação de uma queixa a propósito.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".