sicnot

Perfil

Papa Francisco em Fátima

Crianças na 1ª fila da visita do Papa a Fátima

Alunos dos três colégios católicos de Fátima vão acolher o Papa à sua chegada, na tarde do dia 12, à Capelinha das Aparições, naquele que será o primeiro ato oficial da peregrinação de Francisco ao santuário, foi hoje anunciado.

Segundo a página oficial da visita do Papa a Fátima "quando entrar de papamóvel no recinto do santuário, o papa terá à sua espera, na Capelinha, crianças das escolas do Sagrado Coração de Maria, de S. Miguel e do Centro de Estudos de Fátima".

"A deslocação do Santo Padre à Capelinha, para um momento de oração, será o primeiro ato oficial da peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, para presidir às comemorações do Centenário das Aparições e à canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto", refere o site.

Já no dia 13, cerca de 20 crianças, com idades compreendidas entre os seis e os 16 anos, "vão escoltar as relíquias de Francisco e Jacinta Marto na procissão de entrada para a eucaristia, durante a qual o Papa vai canonizar os dois videntes".

"As relíquias, que integram a procissão e vão ficar colocadas à direita do altar, junto à imagem de Nossa Senhora de Fátima, são transportadas pela irmã Ângela Coelho, postuladora da Causa da Canonização de Francisco e Jacinta, e por Pedro Valinho, vice-postulador", acrescenta.

O Papa Francisco será o quarto Papa a visitar Fátima e vai presidir ao centenário dos acontecimentos na Cova da Iria.Os anteriores papas a estar em Fátima foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).No dia 13 de maio, Francisco vai presidir à cerimónia de canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, os mais jovens santos não-mártires.

A cerimónia de canonização é a primeira realizada em Portugal.

Com Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • "Precisamos de uma melhor zona Euro"
    0:30