sicnot

Perfil

Papa Francisco em Fátima

Presidentes de São Tomé e Paraguai vão a Fátima no sábado

Os presidentes de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho, e do Paraguai, Horacio Cartes, vão assistir às cerimónias de canonização dos dois pastorinhos Francisco e Jacinta, no sábado, pelo papa Francisco, disse à Lusa fonte oficial.

O santuário tem também reservados lugares para todo o corpo diplomático acreditado em Lisboa, estando ainda prevista a presença de ministros e governantes da Polónia, Paquistão, Senegal e Guatemala, acrescentou a mesma fonte.

O Presidente da República de São Tomé e Príncipe iniciou na segunda-feira uma visita oficial de uma semana a Portugal.

O chefe de Estado paraguaio está também em Lisboa, tendo previsto um encontro com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Francisco vai ser o quarto papa a visitar Fátima, depois de Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

O papa chega na sexta-feira à tarde, reza na Capela das Aparições e canoniza os dois pastorinhos Francisco e Jacinta na manhã de sábado, numa cerimónia que celebrará em português e não em latim, como é habitual neste tipo de ritual.

O papa argentino tem encontros previstos com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, logo à chegada, e com o primeiro-ministro, António Costa, no dia 13.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57