sicnot

Perfil

Ataque ao Charlie Hebdo

Ataque ao Charlie Hebdo

Ataque ao Charlie Hebdo

Comediante francês que fez comentário no facebook é condenado a pena de prisão suspensa

O polémico comediante francês Dieudonné foi condenado a dois meses de prisão, com pena suspensa, por um comentário que escreveu na rede social facebook após os atentados de Paris, em Janeiro, que fizeram 17 mortos.

Hussein Malla

Na altura, Dieudonné escreveu "Je suis Charlie Coulibaly" (Eu sou Charlie Coulibaly), uma referência ao slogan de solidariedade para com os cartoonistas mortos do jornal satírico Charlie Hebdo,  a que acrescentou o apelido de um dos autores dos ataques na capital francesa Amédy Coulibaly. 
O tribunal considerou o comediante de instigar um sentimento de hostilidade para com a comunidade judaica e condenou-o ainda ao pagamento de uma multa de 30 mil euros.
Dieudonné, de 49 anos, não esteve presente na leitura da sentença mas já condenou os ataques na capital francesa e retirou o comentário da página do facebook. 

Amédy Coulibaly matou uma polícia e 4 judeus dois dias depois do atentado ao jornal satírico, num ataque a um supermercado parisiense.
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.