sicnot

Perfil

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go faz disparar o valor em bolsa da Nintendo

A febre do Pokémon Go fez disparar o valor em bolsa da Nintendo. As ações do fabricante de videojogos japonês dispararam 120 por cento, desde o lançamento do jogo há apenas duas semanas.

Nati Harnik

A Nintendo vale agora mais de 21 mil milhões de euros. Isto depois de apresentar, no primeiro trimestre deste ano resultados brutos de 131 milhões de euros, 60 por cento abaixo do mesmo período do ano passado.

Esta valorização já permitiu ao fabricante de videojogos japonês ultrapassar, em valor de mercado, a gigante Sony.

  • Quando os Pokémons acabam com uma relação

    Pokémon Go

    Pokémon Go já foi oficialmente lançado em Portugal. O jogo desafia os jogadores a caçarem monstros de bolso em cenários reais, captados pelas câmaras dos telemóveis. O regresso dos Pokémons tem dado que falar e já foi causa de muitos embaraços, acidentes e até ajudou em assaltos. Agora surge mais uma história insólita, um rapaz que perdeu a namorada depois de capturar um Pokémon em casa da ex-namorada.

  • A febre do Pokémon Go
    5:33

    Pokémon Go

    Afinal o que é este jogo para telemóvel que põe milhões a andar na rua? Já foi causa de embaraços, acidentes e ajudou em assaltos. Contudo, há uma verdadeira febre coletiva com a recente forma de aventura. O Pokémon Go desafia os jogadores a caçarem monstros de bolso em cenários reais, captados pelas câmaras dos telemóveis. O Lourenço Medeiros explica.

  • Eduardo Cabrita nomeado ministro da Administração Interna

    País

    O primeiro-ministro propôs esta quarta-feira ao Presidente da República a nomeação de Eduardo Cabrita para o cargo de ministro da Administração Interna e de Pedro Siza Vieira para ministro Adjunto do primeiro-ministro. A tomada de posse realiza-se no sábado às 09:00.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08