sicnot

Perfil

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go

ONG avisa jogadores para não procurarem pokémons nos campos minados da Bósnia

reuters

Os jogadores bósnios do Pokemon Go estão a ser aconselhados a evitarem algumas zonas do país, ainda repletas das minas deixadas na guerra dos anos 90. O aviso é feito por uma ONG, depois de alguns jogadores mais incautos se terem aventurado em zonas de risco para capturar pokémons.

A ONG teme que a experiência de realidade aumentada termine em tragédia real, pelo que emitiu alertas nas redes sociais.

"Tivémos a informação de que alguns utilizadores do Pokemon Go na Bósnia foram a sítios arriscados, por causa das minas, em busca de um pokemon. Apelamos aos cidadãos que não o façam, que respeitem os sinais de demarcação de campos perigosos de minas e que não vão para locais desconhecidos", escreve a ONG Posavina na sua página do Facebook.

Pelo menos 600 pessoas já morreram e cerca de 1700 ficaram feridas em acidentes com minas na Bósnia, desde o final da guerra, em 1995. Uma organização de desminagem estima que estejam por descobrir cerca de 120 mil minas.

  • Quando os Pokémons acabam com uma relação

    Pokémon Go

    Pokémon Go já foi oficialmente lançado em Portugal. O jogo desafia os jogadores a caçarem monstros de bolso em cenários reais, captados pelas câmaras dos telemóveis. O regresso dos Pokémons tem dado que falar e já foi causa de muitos embaraços, acidentes e até ajudou em assaltos. Agora surge mais uma história insólita, um rapaz que perdeu a namorada depois de capturar um Pokémon em casa da ex-namorada.

  • As histórias insólitas do Pokémon Go

    Pokémon Go

    Alguns europeus já podem jogar Pokémon Go. Desde quarta-feira que o jogo de realidade aumentada que está a fazer sucesso pelo mundo está disponível na Alemanha e hoje no Reino Unido. Uma aplicação que está a atrair milhões de jogadores... e bandidos.

  • A febre do Pokémon Go
    5:33

    Pokémon Go

    Afinal o que é este jogo para telemóvel que põe milhões a andar na rua? Já foi causa de embaraços, acidentes e ajudou em assaltos. Contudo, há uma verdadeira febre coletiva com a recente forma de aventura. O Pokémon Go desafia os jogadores a caçarem monstros de bolso em cenários reais, captados pelas câmaras dos telemóveis. O Lourenço Medeiros explica.

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC