sicnot

Perfil

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go

Algumas atrações turísticas no Japão proíbem jogo Pokémon GO

© Toru Hanai / Reuters

Um dia depois da esperada estreia da aplicação para "smartphones" Pokémon Go no Japão, os operadores de algumas das atrações turísticas mais populares do país começaram a instar os visitantes a jogarem com cautela ou a evitarem jogar nas instalações.

O santuário de Izumo, considerado o segundo mais sagrado do Japão, foi mais longe e proibiu a utilização do "Pokémon GO" no recinto, segundo informa a sua página de Internet.

As autoridades do santuário, localizado em Shimane, no oeste do Japão, argumentam que esta proibição responde à necessidade de preservar a atmosfera "solene" do lugar e garantir a segurança dos seus seis milhões de visitantes anuais.

Por sua vez, o castelo de Himeji, a fortificação feudal mais famosa do país e património mundial da UNESCO, colocou sinais no interior e imediações a pedir ao público que não jogue enquanto caminha no complexo.

Voluntários do Parque da Paz da cidade de Hiroshima, que presta homenagem às vítimas da bomba atómica que devastou o local em 1945, também expressaram nos meios de comunicação japoneses o seu descontentamento com a possibilidade de um local pensado para a reflexão se encher de gente a jogar.

Já a torre Skytree de Tóquio emitiu um alerta mais moderado, pedido "precaução ao jogar", já que a gigantesca estrutura é um dos 'ginásios' em que jogadores do Pokemon GO podem fazer competir os 'pokémons' que encontram, e o operador da torre espera poder atrair assim mais público.

Lusa

  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14