sicnot

Perfil

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go

Nova Iorque proibe 3 mil pedófilos de jogarem Pókemon Go

© Sam Mircovich / Reuters

O Estado norte-americano de Nova Iorque anunciou hoje que vai proibir cerca de 3 mil pedófilos em liberdade condicional de utilizar o Pókemon Go, para garantir a segurança das crianças.

A medida, segundo as autoridades, visa garantir a segurança das crianças e foi posta em prática dias depois dos legisladores terem chamado a atenção para o perigo dos pedófilos se aproveitarem do jogo.

"Proteger as crianças de Nova Iorque é a prioridade número um e, à medida que a tecnologia avança, devemos assegurar que aqueles avanços não se convertam em avenidas para que os perigosos predadores abusem de novas vítimas", referiu, em comunicado, o governador do estado de Nova Iorque, Andrew Cuomo.

Andrew Cuomo ordenou hoje ao departamento estatal de prisões para restringir o uso do Pokémon Go às pessoas condenadas por crimes sexuais em liberdade condicional e avisá-las que caso descarreguem o jogo ou participem em jogos parecidos estão a violar a liberdade condicional.

A decisão vai afetar cerca de 3 mil condenados que estão atualmente em liberdade condicional, segundo as autoridades.

O Estado de Nova Iorque vai também contactar com a empresa que criou a aplicação para colaborar com a iniciativa das autoridades.

Segundo a investigação, apresentada pelas autoridades nova-iorquinas, os Pokémon Go foram localizados em frente de casas de pessoas condenadas por crimes sexuais em 57% dos casos.

A aplicação também permite aos pedófilos saberem através um mapa onde estão crianças a perseguir as populares criaturas.

Lusa

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16