sicnot

Perfil

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémon Go

Pokémons saem à rua para se vingarem dos humanos

E se de repente lhe aparecesse uma personagem Pokémon à frente e lhe atirasse uma pokebola? Foi isso mesmo que aconteceu em Basileia, na Suíça.

O gabinete de turismo de Basileia, na Suíça, desenvolveu uma política de divulgação da cidade assente na aplicação Pokémon Go, o jogo que se tornou viral e que é jogado, neste momento, por mais de 15 milhões de pessoas em todo o mundo.

A iniciativa foi simples e rapidamente se tornou viral nas redes sociais: enviar algumas pessoas mascaradas de Pikachu para as ruas de Basileia e, como forma de vingança, atirar as míticas pokébolas aos jogadores da aplicação que andassem junto às margens do rio Reno.

O vídeo "Pokémon: The revenge", que já foi partilhado por mais de um milhão de pessoas no Facebook, mostra as reações da população de Basileia à saída de vários Pokémons de carrinhas brancas que, recorrendo a fisgas, ou simplesmente correndo atrás dos jogadores, tentam, simbolicamente, capturá-los.

A brincadeira foi recebida com agrado pela maioria das vítimas mas, em alguns casos, os mascarados de Pikachu foram também perseguidos, porém de forma real.

  • Pokémon Go a causar estragos pelo mundo
    1:42

    Pokémon Go

    O jogo Pokémon Go continua a dar que falar por todo o mundo. Em Nova Iorque, por exemplo, três mil pedófilos em liberdade condicional foram proibidos de jogar para prevenir novos abusos sexuais sobre crianças. As histórias relacionadas com este jogo de realidade virtual espalham-se pelo resto do mundo.

  • Quando os Pokémons acabam com uma relação

    Pokémon Go

    Pokémon Go já foi oficialmente lançado em Portugal. O jogo desafia os jogadores a caçarem monstros de bolso em cenários reais, captados pelas câmaras dos telemóveis. O regresso dos Pokémons tem dado que falar e já foi causa de muitos embaraços, acidentes e até ajudou em assaltos. Agora surge mais uma história insólita, um rapaz que perdeu a namorada depois de capturar um Pokémon em casa da ex-namorada.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.