sicnot

Perfil

Portugal vence Eurovisão

Portugal vence Eurovisão

Portugal vence Eurovisão

Portugal é o país mais pesquisado no Google e passa para 1.º nas apostas da Eurovisão

Gleb Garanich

Portugal é o país mais pesquisado no motor de busca Google dos 26 que disputam no sábado a final da edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção e passou hoje para primeiro lugar nas casas de apostas.

Num comunicado hoje divulgado, a multinacional tecnológica Google referiu que, "segundo as pesquisas no [motor de busca] Google, Portugal é o país mais pesquisado entre todos os países participantes no Festival da Eurovisão 2017".

No 'site' eurovisionworld.com, que faz uma média de várias casas de apostas, Portugal encontrava-se desde 06 maio no segundo lugar do pódio. Hoje destronou Itália do primeiro lugar ocupava desde 18 de fevereiro.

No mesmo 'site' é perguntado aos internautas quem irá vencer o festival: até hoje, 20% escolhiam Portugal, 15% Itália e 08% a Bélgica.

Portugal é representado na final do Festival Eurovisão da Canção, que decorre no sábado em Kiev, na Ucrânia, pelo cantor Salvador Sobral com a canção "Amar pelos dois".

A cerimónia pode ser acompanhada em direto na RTP e no Youtube a partir das 20:00 de Lisboa.No ranking hoje divulgado pela Google, o segundo país mais pesquisado, dos finalistas do concurso, é a Austrália e o terceiro a Bélgica.

O favorito à vitória do festival este ano, Itália, surge em sétimo lugar.

A final do Festival Eurovisão da Canção é disputada no Centro Internacional de Exposições de Kiev, na Ucrânia, por 26 países - Portugal, Moldávia, Azerbaijão, Grécia, Suécia, Polónia, Arménia, Austrália, Chipre, Bélgica (apurados na primeira semifinal), Áustria, Roménia, Holanda, Hungria, Dinamarca, Croácia, Noruega, Bielorrússia, Bulgária, Israel (apurados na segunda semifinal), França, Alemanha, Itália, Espanha, Reino Unido (os denominados 'Cinco Grandes') e a Ucrânia (país anfitrião) - e Salvador Sobral atua na primeira parte da cerimónia.

A melhor classificação portuguesa num Festival da Eurovisão foi obtida por Lúcia Moniz, em 1996, com a música "O meu coração não tem cor", tendo esta sido também a última vez que Portugal ocupou um lugar no top 10.

Este ano assinala-se a 62.ª edição do concurso, no qual Portugal participou a primeira vez em 1964, tendo entretanto falhado cinco edições (em 1970, 2000, 2002, 2013 e 2016).

Há vários anos que Portugal não conquistava a oportunidade de competir na final do concurso. A última, foi em 2010 com "Há dias assim", cantada por Filipa Azevedo.

Lusa

  • O "fenómeno" Salvador 
    4:12

    Portugal vence Eurovisão

    Portugal está na final do festival Eurovisão da Canção, marcada para o próximo sábado à noite. A canção portuguesa interpretada por Salvador Sobral é uma das favoritas à vitória. À exceção do tema "Amar Pelos Dois", todas as outras canções da meia-final foram interpretadas em inglês. Nas casas de apostas internacionais, Portugal e Itália são os preferidos. As probabilidades de vitória do tema português aumentaram nas últimas horas. 

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado emitido hoje, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Erdogan apela ao reconhecimento de Jerusalém Oriental como capital
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28