sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Marisa Matias diz que corte na Saúde equivale a dinheiro gasto no Banif

A candidata presidencial Marisa Matias defendeu hoje um investimento direto e concreto no Serviço Nacional de Saúde (SNS), lembrando que o corte no setor é equivalente ao dinheiro gasto num dia no Banif.

(arquivo)

(arquivo)

"Não pode ser admissível um discurso vazio em termos dos direitos, precisamos de um investimento direto e concreto no SNS para evitar que situações destas continuem a acontecer", afirmou Marisa Matias, em declarações aos jornalistas no final de um encontro com a CGTP-IN, a propósito da morte esta noite de um homem de 74 anos que foi transferido de Faro para Coimbra depois de alegadamente ter sido recusado no S. José, em Lisboa.

Questionada se o país tem dinheiro para esse investimento, a candidata presidencial disse que "há sempre dinheiro", recordando o caso do Banif.

"Se há 2 mil e 200 milhões de euros num dia para o Banif, tem que haver para todos os dias, para todos os profissionais e para todas as pessoas que aqui vivem e que têm direito a ter SNS universal e gratuito", sublinhou.

Recusando uma "saúde para pobres e outra para ricos", Marisa Matias vincou que não podem existir profissionais maltratados e, sobretudo, "não pode haver mortes causadas por uma lógica que nada tem a ver com a salvaguarda dos direitos, nada tem a ver com a consolidação de contas públicas, que continuam por consolidar".

Essa lógica, acrescentou, "tem exclusivamente a ver com opções ideológicas, que colocam sistematicamente os interesses dos mercados e económicos à frente da vida das pessoas".

A morte do homem de 74 anos esta noite nos hospitais de Coimbra ocorre duas semanas depois do caso do jovem de 29 anos, que morreu no Hospital de São José.

O jovem tinha sido internado a 11 de dezembro, tendo-lhe sido diagnosticado uma hemorragia cerebral provocada por um aneurisma, necessitando de uma intervenção cirúrgica rápida.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.