sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Marcelo defende debates televisivos com todos os candidatos

O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa defendeu hoje, em Sintra, debates televisivos com todas as candidaturas, recusando a existência de candidatos "de primeira, de segunda e de terceira" e esperando debater com todos os seus adversários.

Paulo Cunha

"Eu disse que, da minha parte, havia uma total disponibilidade de frente-a-frente com todos os candidatos que tivessem candidaturas formalizadas. São dez. Não são três, não são cinco, não são sete, são dez", afirmou o antigo presidente do PSD.

O candidato, que falava antes de almoçar com os bombeiros voluntários de Sintra, salientou que "não há candidatos de primeira, de segunda e de terceira" e que as Presidenciais não são "como em alguns torneios em que há cabeças de série, que se acham mais importantes e outros que não são".

"Espero que haja da parte das televisões uma disponibilidade para haver debates de todos com todos", frisou Marcelo, acrescentando que "ninguém é obrigado a ver todos os debates", mas devem ser asseguradas condições iguais para todos os candidatos.

O Tribunal Constitucional admitiu na terça-feira dez candidaturas às eleições presidenciais, que tinham sido formalizadas até 24 de dezembro, com a entrega de pelo menos 7500 assinaturas.

O número recorde de candidatos a Belém é composto por Cândido Ferreira, Edgar Silva, Henrique Neto, Jorge Sequeira, Marcelo Rebelo de Sousa, Maria de Belém, Marisa Matias, Paulo Morais, Sampaio da Nóvoa e Vitorino Silva (Tino de Rans).

As eleições realizam-se a 24 de janeiro de 2016 e o período oficial de campanha eleitoral decorre entre os dias 10 e 22 de janeiro.

Lusa

  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas