sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Nóvoa quer ser o Presidente "guardião" da Constituição

Nóvoa quer ser o Presidente "guardião" da Constituição

Sampaio da Nóvoa disse hoje no Alentejo que quer ser o Presidente "guardião e promotor dos valores" da Constituição e que se recusará a ceder ao caminho das "fatalidades" e inevitabilidades". O candidato à Presidência da República deixou duras críticas a Cavaco Silva.

O candidato recomendado pelo PS, que discursava numa ação realizada no complexo das Piscinas Municipais de Aljustrel, reiterou que não está na campanha para as presidências para se resignar e que o seu programa eleitoral é a própria Constituição.

"É este o presidente que eu serei, o guardião e o promotor dos valores da nossa Constituição", frisou, criticando a postura de Cavaco Silva, que, às vezes, "mais parecia querer ser um primeiro-ministro", enquanto noutras, em que o país precisava dele, "se escondia".

O antigo reitor da Universidade Nova de Lisboa considerou que a política "não serve para justificar o que já existe, para nos resignarmos" e insistiu na ideia de que é necessário "abrir a democracia para além das estruturas tradicionais".

Referindo-se à campanha daquele que já assumiu ser o seu principal adversário, Marcelo Rebelo de Sousa, observou que não anda "sozinho a passear-se alegremente" por todo o lado, mas sim a ouvir as reclamações e os anseios das pessoas.

À chegada a Aljustrel, Nóvoa prestou uma homenagem aos combatentes da Guerra Colonial, num monumento erguido junto ao local onde decorreu um pequeno comício, no qual intervieram também o presidente da autarquia local e a mandatária para o distrito de Beja.

Após o discurso, o candidato juntou-se aos grupos corais de Cante Alentejano "Mineiros" e "Cigarras" e entoou alguns versos.

À tarde, o candidato prossegue o quarto dia da campanha em Lagos, Portimão e Faro.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.