sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Cândido Ferreira diz que vai usar notoriedade em benefício das pessoas

Cândido Ferreira diz que vai usar notoriedade em benefício das pessoas

Para Cândido Ferreira os resultados da sondagem não são surpreendentes. O candidato diz que vai usar a notoriedade que ganhou nesta campanha em beneficio das pessoas.

  • Quem são os dez candidatos às presidenciais

    Infografias

    A 24 de janeiro têm lugar as eleições presidenciais. Dez candidatos entregaram o processo de candidatura junto do Tribunal Constitucional: Henrique Neto, Sampaio da Nóvoa, Cândido Ferreira, Edgar Silva, Jorge Sequeira, Vitorino Silva (Tino de Rans), Marisa Matias, Maria de Belém Roseira, Marcelo Rebelo de Sousa e Paulo Morais. Pela primeira vez, existe um número tão elevado de candidatos e duas mulheres entram na corrida a Belém. Caso nenhum obtenha mais de metade dos votos validamente expressos, realiza-se uma segunda volta a 14 de fevereiro.

  • A Quadratura da campanha eleitoral
    2:33

    Quadratura do Círculo

    As eleições presidenciais de domingo estiveram em destaque na Quadratura do Círculo. Pacheco Pereira afirma que Marcelo Rebelo de Sousa veio isolar os setores mais radicais da direita, mas não sabe o que fará se for eleito Presidente da República. Jorge Coelho diz que preferia um chefe de Estado com características diferentes do professor, enquanto Lobo Xavier defende que Marcelo vai ser útil para o país.

  • Obras no Miradouro de São de Pedro de Alcântara não foram a concurso
    2:50

    País

    As obras no Miradouro de São Pedro de Alcântara, em Lisboa, arrancaram esta segunda-feira. A intervenção foi adjudicada à construtora Teixeira Duarte sem concurso público. A autarquia justifica esta decisão com o caráter urgente da obra, argumento que não consta do relatório do Laboratório Nacional de Engenheria Civil, a que a SIC teve acesso.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.