sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Dia de eleições sem chuva e com temperaturas amenas

Para domingo, dia das eleições presidenciais está previsto céu pouco nublado e temperaturas máximas amenas, adiantou a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com Maria João Frada, no sábado, a tendência é para que a chuva "comece a ir embora". No que diz respeito a domingo, dia das eleições presidenciais, não está prevista precipitação em todo no território.

"No domingo, teremos de um modo geral céu pouco nublado, sem precipitação e, em alguns locais, podemos ter neblinas ou nevoeiros e uma ligeira intensidade do vento. As temperaturas máximas são muito amenas, a variar entre os 15 e os 20 graus, com exceção da Serra da Estrela, onde serão inferiores a 15 graus centígrados", explicou.

No que diz respeito às temperaturas mínimas, segundo Maria João Frada, vão variar entre os 8 e os 12/13 graus Celsius, sendo mais baixas no interior norte e centro.

Quanto ao início da semana, a especialista do IPMA revelou que a precipitação deverá regressar.

"Devido à aproximação de uma superfície frontal fria é provável que regresse a precipitação na segunda-feira. Prevê-se um dia com ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros. A probabilidade de que a chuva tenha alguma intensidade é relativamente elevada", adiantou.

De acordo com Maria João Frada, depois da passagem da superfície frontal fria deverá ocorrer uma descida significativa das temperaturas máximas, queda de neve e granizo.

Com Lusa

  • Segurança da Academia de Alcochete avisado 10 minutos antes do ataque
    1:57
  • "Não acho que seja prudente" o regresso dos atletas à Academia do Sporting
    5:49

    Crise no Sporting

    As agressões aos jogadores e equipa técnica do Sporting, na Academia de Alcochete, foram o tema de uma entrevista a Ana Bispo Ramires, psicologa do desporto. Questionada sobre se os jogadores deveriam regressar ou não à academia, Ana Bispo Ramires diz que não devem fazê-lo e explica que é importante que haja medidas de atuação, o mais rápido possível, para que os atletas e restante equipa técnica do clube possam reprocessar, do ponto de vista cognitivo, as ameaças que sofreram. 

  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC