sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Dia de eleições sem chuva e com temperaturas amenas

Para domingo, dia das eleições presidenciais está previsto céu pouco nublado e temperaturas máximas amenas, adiantou a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com Maria João Frada, no sábado, a tendência é para que a chuva "comece a ir embora". No que diz respeito a domingo, dia das eleições presidenciais, não está prevista precipitação em todo no território.

"No domingo, teremos de um modo geral céu pouco nublado, sem precipitação e, em alguns locais, podemos ter neblinas ou nevoeiros e uma ligeira intensidade do vento. As temperaturas máximas são muito amenas, a variar entre os 15 e os 20 graus, com exceção da Serra da Estrela, onde serão inferiores a 15 graus centígrados", explicou.

No que diz respeito às temperaturas mínimas, segundo Maria João Frada, vão variar entre os 8 e os 12/13 graus Celsius, sendo mais baixas no interior norte e centro.

Quanto ao início da semana, a especialista do IPMA revelou que a precipitação deverá regressar.

"Devido à aproximação de uma superfície frontal fria é provável que regresse a precipitação na segunda-feira. Prevê-se um dia com ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros. A probabilidade de que a chuva tenha alguma intensidade é relativamente elevada", adiantou.

De acordo com Maria João Frada, depois da passagem da superfície frontal fria deverá ocorrer uma descida significativa das temperaturas máximas, queda de neve e granizo.

Com Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.