sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Dia de eleições sem chuva e com temperaturas amenas

Para domingo, dia das eleições presidenciais está previsto céu pouco nublado e temperaturas máximas amenas, adiantou a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

© Rafael Marchante / Reuters

De acordo com Maria João Frada, no sábado, a tendência é para que a chuva "comece a ir embora". No que diz respeito a domingo, dia das eleições presidenciais, não está prevista precipitação em todo no território.

"No domingo, teremos de um modo geral céu pouco nublado, sem precipitação e, em alguns locais, podemos ter neblinas ou nevoeiros e uma ligeira intensidade do vento. As temperaturas máximas são muito amenas, a variar entre os 15 e os 20 graus, com exceção da Serra da Estrela, onde serão inferiores a 15 graus centígrados", explicou.

No que diz respeito às temperaturas mínimas, segundo Maria João Frada, vão variar entre os 8 e os 12/13 graus Celsius, sendo mais baixas no interior norte e centro.

Quanto ao início da semana, a especialista do IPMA revelou que a precipitação deverá regressar.

"Devido à aproximação de uma superfície frontal fria é provável que regresse a precipitação na segunda-feira. Prevê-se um dia com ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros. A probabilidade de que a chuva tenha alguma intensidade é relativamente elevada", adiantou.

De acordo com Maria João Frada, depois da passagem da superfície frontal fria deverá ocorrer uma descida significativa das temperaturas máximas, queda de neve e granizo.

Com Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC