sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Mais de 9,7 milhões de eleitores votam para eleger próximo Presidente

Mais de 9,7 milhões de eleitores são hoje chamados a escolher o novo Presidente da República, que irá substituir Cavaco Silva, sendo dez os candidatos, o que constitui um recorde de nomes no boletim de voto.

© Rafael Marchante / Reuters

Se um dos candidatos obtiver mais de 50 por cento dos votos será eleito já hoje chefe de Estado, mas caso contrário haverá uma segunda volta, a 14 de fevereiro, com os dois concorrentes mais votados.

Os dez candidatos aparecem no boletim de voto pela seguinte ordem: Henrique Neto, António Sampaio da Nóvoa, Cândido Ferreira, Edgar Silva, Jorge Sequeira, Vitorino Silva (Tino de Rans), Marisa Matias, Maria de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa e Paulo Morais.

Para o sufrágio de hoje estão inscritos um total de 9.741.792 eleitores, 85.318 mais do que em 2011.

As mesas de voto estarão abertas entre as 08:00 e as 19:00 em todo o país, mas, devido à diferença horária, as urnas nos Açores abrem e fecham uma hora mais tarde em relação à hora de Portugal Continental e da Madeira.

Dos dez aspirantes a chefe de Estado, apenas Maria de Belém, Henrique Neto e António Sampaio da Nóvoa votam na região da grande Lisboa.

O candidato Marcelo Rebelo de Sousa exerce o seu direito de voto em Celorico de Basto (Braga), Vitorino Silva em Penafiel (Porto), Edgar Silva no Funchal, Marisa Matias em Coimbra e Cândido Ferreira em Leiria, enquanto Paulo de Morais e Jorge Sequeira votam no Porto.

Em 2011, Cavaco Silva foi reconduzido no cargo de chefe de Estado na primeira volta, com um resultado de 53,14%.

Dos restantes candidatos, Manuel Alegre conseguiu 19,67% dos votos, Fernando Nobre 14,04%, Francisco Lopes 7,05%, José Coelho 4,52% e Defensor de Moura 1,58%.

Nas últimas eleições, a abstenção também subiu para valores recorde, situando-se nos 53,56%.

A menor abstenção verificou-se na reeleição de Ramalho Eanes, em 1980 (15,61 por cento).

No pós-25 de Abril foram eleitos por sufrágio universal e direto Ramalho Eanes, Mário Soares, Jorge Sampaio e Cavaco Silva, e todos foram reeleitos.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje em Portugal Continental céu pouco nublado e temperaturas máximas amenas, não estando prevista precipitação em todo o território.

Para o arquipélago da Madeira, a instituição prevê períodos de muita nebulosidade, podendo ocorrer períodos de chuva fraca e aguaceiros fracos e poucos frequentes.

Já para os Açores, o IPMA prevê céu com períodos de muito nublado e vento moderado.

Lusa

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03

    Mundo

    António Costa defendeu uma diplomacia pela paz. O primeiro-ministro português saiu em defesa da língua portuguesa e da presença do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança das Nações Unidas. No discurso na Assembleia Geral da ONU, Costa salientou também o compromisso do país em relação ao multilateralismo e às questões ambientais.

  • "Atrás das Câmaras" em Fátima
    2:48
  • "Só tive tempo de avisar o meu sogro e o meu marido e disse: corram!"
    2:17
  • Furacão Maria volta a ganhar força

    Mundo

    Apesar de ter perdido intensidade, após a passagem por Porto Rico, onde deixou um rasto de destruição, Maria voltou a ganhar força, é agora um furacão de categoria 3. Está a afetar a zona norte de Punta Cana, na República Dominicana com ventos que atingem os 90 km/há e move-se para o noroeste.

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15
  • "Não toleramos ameaças de ninguém"
    2:13
  • Número de tartarugas marinhas está a aumentar

    Mundo

    O número de tartarugas marinhas está a crescer, levando investigadores a considerar que os esforços para salvar estes animais são uma "história de sucesso da conservação global", indica um estudo divulgado esta quarta-feira.

  • Tubarões vivem mais tempo do que se pensava

    Mundo

    Uma revisão de dados sobre avaliação da idade dos tubarões revela que muitas espécies têm maior longevidade do que se pensava, o que poderá obrigar a uma revisão dos planos de conservação das mais ameaçadas.

  • Como mudar um templo com 135 anos e 2 mil toneladas... de lugar

    Mundo

    Um templo budista do século XIX é um dos mais populares em Xangai, na China. Visitado diariamente por milhares de pessoas, precisava de ser relocalizado para evitar que uma tragédia acontecesse. E mesmo pesando cerca de duas mil toneladas, a missão acabou por se provar possível.