sicnot

Perfil

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Presidenciais 2016

Urnas da freguesia do Muro, Trofa, não abriram em reivindicação pelo metro

As mesas de voto para as eleições Presidenciais na freguesia do Muro, concelho da Trofa, não abriram às 08:00 horas como estava previsto numa forma de reivindicação pela construção da linha de metro.

Às 09:00 ainda não havia indicação sobre se as mesas de voto chegariam a abrir.

"Não existem condições para realizar o ato eleitoral porque os locais de voto estão preparados, mas as pessoas que acompanham o ato não compareceram assim como não aparecem eleitores", descreveu à agência Lusa o presidente da Junta do Muro, Carlos Martins.

Em causa está a reivindicação da população pela construção da linha de metro: prolongamento da linha do Instituto Superior da Maia (ISMAI) até à Trofa.

O boicote está a decorrer de forma "pacífica", descreveu o autarca do Muro, resultando "simplesmente num desprezo das pessoas pelo ato eleitoral", sem que esteja pensada qualquer manifestação.

Junto ao espaço está colocada uma imagem com fotografias da estação de comboios e os anos 1932 (quando o comboio começou a passar na Trofa), 2002 (quando a ligação ferroviária foi encerrada para dar lugar a metro) e 2016 antecedido da pergunta "e o futuro?".

Esta não é a primeira vez que os habitantes desta freguesia da Trofa boicotam um ato eleitoral.

Em 2011, nas eleições presidenciais em que foi eleito Aníbal Cavaco Silva, as eleições no Muro foram boicotadas no domingo 23 de janeiro, repetiram-se a 25, terça-feira, mas a população voltou a abster-se.

Também em maio de 2014 nas eleições Europeias houve boicote no Muro que soma cerca de 1600 eleitores.

Recorde-se que a 24 de fevereiro de 2002, a circulação ferroviária nas linhas da CP da Póvoa de Varzim e da Trofa foram encerradas para dar início às obras de construção do canal do metro, disponibilizando-se um serviço de transportes alternativos em autocarro aos clientes.

Mas a população da Trofa continuou sem metro, enquanto a ligação à Póvoa foi inaugurada a 18 de março de 2006.

Em dezembro de 2009 foi lançado o concurso público internacional para a linha da Trofa que acabou por ser suspenso em setembro de 2010.

Recentemente, em outubro do ano passado, foi anunciado que a Linha Verde do metro do Porto vai estender-se, através da Maia, até à Trofa com a criação de duas estações, num projeto de cerca de 36,7 milhões de euros, mas a população do Muro continua a manifestar muitas dúvidas.

Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50